Deputada Enfermeira Rejane destina quase R$ 8 milhões em emendas para SJB

15440298_987750637996486_1006359294588337658_oA deputada estadual Enfermeira Rejane (PC do B) apresentou na Alerj emendas individuais que, somadas, destinam R$ 7.633.251,00 em recursos no orçamento estadual de 2017 para o município de São João da Barra. O objetivo é atender demandas nas áreas como Saúde, Educação, Esporte, Habitação, Agricultura e Segurança.

Entre as emendas foram contempladas a reforma do Colégio Estadual Dr. Newton Alves, dragagem da boca da barra no Pontal, construção de conjunto habitacional no Açu, limpezas de canais e dragagens, aquisição de UTI móvel, urbanização e sinalização em bairros e incentivo na área esportiva.

Alerj aprova emenda de Bruno Dauaire para a Santa Casa de SJB

bruno

Com o fim do recesso, Bruno irá cobrar do governo, além do compromisso com a Santa Casa, o cumprimento de outras emendas já apresentadas

Estão assegurados no orçamento do governo estadual para este ano R$ 328 mil em investimentos para a Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra. A emenda foi apresentada pelo deputado Bruno Dauaire (PR) e aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Os recursos serão destinados para a garantia do atendimento ambulatorial e hospitalar. No próximo mês, com o fim do recesso, Bruno irá cobrar do governo, além do compromisso com a Santa Casa, o cumprimento de outras emendas já apresentadas, como aquisição de ambulância, implantação de um centro de comercialização comunitária no município e construção de um DPO em Cajueiro.

— São investimentos que São João da Barra precisa muito. O município passa por uma crise e sente também os reflexos da crise estadual. O momento é de buscarmos todos os recursos possíveis para que o cidadão sanjoanense não sofra mais ainda por um 2016 bastante complicado e um 2017 que ainda não sabemos como será não só no município, que conta com a receita dos royalties do petróleo, mas no Estado do Rio e em todo o país, que enfrenta um período de recessão – defende Bruno.

Além dos recursos específicos para São João da Barra, Bruno Dauaire tem lutado para que emendas de sua autoria, destinadas a toda a região, sejam executadas pelo governo. Entre elas a que destina recursos para o monitoramento de barragens, implantação de uma unidade da Ceasa, capacitação de agricultores, inclusão digital de jovens, incentivo à frequência escolar por meio da educação esportiva, novos veículos e equipamentos para o 8º BPM e criação da Região Metropolitana do Norte Fluminense.

Bruno Dauaire adverte prefeitos sobre nomeações nas Guardas Municipais

brunnO prefeito que nomeou comandante e outros cargos comissionados para a Guarda Civil Municipal que não pertençam à corporação vai ter que exonerá-los, a fim de cumprir o que determina a Lei Federal 13.022, de 2014, que instituiu o Estatuto Geral das Guardas Municipais. As exceções são para os casos em que a guarda esteja em processo de implantação e até os primeiros quatro anos de funcionamento.

Levantamento da Frente Pró GMs RJ mostra que, das 92 novas gestões, 18 não estão cumprindo lei. Na lista foi incluída São João da Barra, apesar de a nomeação ainda não ter saído no Diário Oficial. É que a prefeita Carla Machado já anunciou que a Guarda será comandada pelo major da PM Maxwell de Araújo.

O deputado estadual Bruno Dauaire (PR), presidente da Comissão de Representação das Guardas Municipais na Assembleia Legislativa (Alerj) está encaminhando ofício a todos os prefeitos do Estado do Rio para informar o teor do artigo 15 da lei: “Os cargos em comissão das guardas municipais deverão ser providos por membros efetivos do quadro de carreira do órgão ou entidade”.

No documento, Bruno cita a legislação federal para informar que o gestor pode responder por improbidade administrativa e crime de responsabilidade, caso insista na nomeação de nomes estranhos ao quadro.

carla

Em SJB, apesar de ainda não ter publicado, Carla anunciou o major Maxwell de Araújo no comando da Guarda

Projeto de Bruno Dauaire entre sugestões para tirar o Rio da crise

brunnO jornal Extra publicou (confira aqui) na edição desse domingo (13) uma lista de dez sugestões ao governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) para tirar o estado da crise. Entre os pontos apresentados está um projeto de lei do deputado estadual Bruno Dauaire (PR) que prevê a cobrança do imposto estadual sobre recursos declarados no programa de legalização de ativos mantidos ocultos no exterior.

A ideia do jornal Extra em enviar sugestões foi em resposta aos pedidos de ajuda feitos pelo governador para tirar o Rio da crise. O jornal reuniu dez sugestões de órgãos, deputados e especialistas em administração pública, diferentes das medidas contidas no pacote de ajuste fiscal levado pelo governo à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). As propostas, se trabalhadas corretamente, poderiam resultar em aumento de receitas ou diminuição de despesas, segundo seus autores.

Pudim cobra Justiça implacável no Cheque Cidadão como na Lava Jato

IMG-20161019-WA0115O deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB), que disputou a Prefeitura de Campos neste ano, usou seu tempo na tribuna da Alerj nesta quarta-feira (19) para comentar sobre as prisões dos vereadores Miguelito (PSL) e Ozéias (PSDB) na operação “Chequinho”, um desdobramento da “Vale Voto”. “São apenas dois dos 37 nomes arrolados naquilo que o Ministério Público considerou como ‘escandaloso esquema’ da compra de votos através do uso do Cheque Cidadão”, salientou o parlamentar. Pudim cobra ainda que “a Justiça siga o mesmo tom implacável demonstrado em operações como a Lava Jato”.

Segundo Pudim, “Campos vive um dia em que reafirmamos a fé nos caminhos da Justiça em nome da legalidade. Ao mesmo tempo em que nos entristecemos pelas práticas largamente difundidas entre alguns setores da política”. O deputado lembrou que seu partido acompanha de perto o caso, inclusive tendo feito uma queixa crime durante o período eleitoral.

O deputado lembrou ainda que o prefeito eleito Rafael Diniz (PPS) vai “enfrentar uma sucessão de sabotagens por parte da república da Lapa em Campos”. Pudim, salientou também, que os cumprimentos de mando de prisão reforçam a tese que “a Justiça tem de dispensar ostensiva prioridade as diligências necessárias e ao conjunto do mérito dessas ações, hoje, sabidamente apensadas, sob o risco de instabilidade política no município, além da notória mácula no processo eleitoral em um momento que o Brasil está passando a limpo”.

Mais informações na edição desta quinta-feira (20) da Folha da Manhã.

Bruno Dauaire e Luis Passoni pedem a Dornelles recursos para a Uenf

Dornelles_BrunoO deputado estadual Bruno Dauaire (PR), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Uenf, esteve hoje no Palácio Guanabara com o governador em exercício, Francisco Dornelles (PP), acompanhado do reitor da Uenf, Luis Passoni. Durante o encontro foi entregue ao governador um pedido de socorro para a instituição, que há um ano não recebe repasse das verbas de custeio.

– Temos buscado de várias formas manter a Uenf com suas portas abertas à comunidade acadêmica neste momento de grave crise. Já tivemos muitas conquistas, mas a situação continua séria e a universidade, por toda a sua importância para o Norte Fluminense e sua projeção nacional, precisa do empenho de todos nós. Apesar da conjuntura desfavorável ao governo do Estado, que enfrenta a falta de recursos, o que defendemos é que a Uenf esteja entre as prioridades na liberação de recursos, e esperamos que este encontro com o governador signifique um avanço na luta – disse o deputado.

Bruno esteve na sede do governo acompanhado do deputado estadual Dr. Julianelli (Rede). Também participou da reunião com Dornelles o chefe de gabinete da reitoria da Uenf, Raul Ernesto Palácio.

Pauta de reivindicações da Uenf será levada a Dornelles

Reunião_AlerjA Frente Parlamentar em Defesa da Uenf, presidida pelo deputado estadual Bruno Dauaire (PR), vai solicitar uma audiência com o governador em exercício, Francisco Dornelles (PP), a fim de que seja apresentada a ele uma pauta contendo todas as prioridades da universidade, que passa por um grave problema de falta de recursos por conta da crise do governo do Estado. As mesmas informações serão levadas aos deputados federais do Estado do Rio, para que se juntem aos esforços da frente com o objetivo de evitar problemas ainda mais graves para a Uenf. A Frente reuniu-se na manhã desta quinta-feira (30), na Alerj, para discutir o decreto que trata do contingenciamento orçamentário da instituição.

Participaram da reunião, além do reitor da Uenf, Luis Passoni, e representantes dos professores, servidores administrativos e alunos, os deputados Jair Bittencourt (PP) e Dr. Julianelli (Rede) — membros da frente—, Comte Bittencourt (PPS, presidente da Comissão de Educação), Waldeck Carneiro (PT, presidente da Comissão de Economia e membro da Comissão de Educação) e Paulo Ramos (Psol, presidente da Comissão de Trabalho). A preocupação é que a proposta de contingenciamento do governo é de 30%, mas como não tem havido repasse de custeio, na prática o que ocorre é 100%.

— É preciso garantir o funcionamento regular da Uenf, pelo seu protagonismo e sua relação com o Norte Fluminense. Por isso, a frente vem somar-se aos esforços que a Alerj já vem fazendo neste sentido — disse Bruno, referindo-se ao repasse de R$ 1,5 milhão feito pela Assembleia, com recursos do seu fundo especial. O recurso cobriu algumas despesas mais urgentes, mas sem repasse as dívidas se acumulam.

Alerj entrega à Uenf cheque de R$ 1,5 milhão

13411631_1011537475548738_104413997475021694_o

Deputados com o cheque de R$ 1,5 milhão doado para a Uenf (Rafael Wallace/Alerj)

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizou nesta quarta-feira (08) a doação de R$ 1,5 milhão para a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), em Campos. O cheque foi recebido pelo reitor da instituição, Luis Passoni. “Esse dinheiro vem em muito boa hora. Vai nos ajudar a quitar algumas dívidas e recuperar um pouco da nossa credibilidade”, disse. Os recursos saíram do orçamento da Casa que, desde o início de 2015, tem cortado despesas em seu custeio. A doação para a Uenf foi decidida após pedidos da Comissão de Educação da Alerj e de deputados da região, preocupados com a crise financeira que ameaça o funcionamento da instituição.

O deputado Geraldo Pudim (PMDB) ressaltou que a Uenf é uma importante não apenas para a região, mas para o estado do Rio e todo o país. “É uma quantia que não resolve o problema, mas vai ajudar. O parlamento fluminense demonstra que tem comprometimento com a educação, a produção de conhecimento e o avanço científico”, afirmou o parlamentar.

Segundo Passoni, são mais de R$ 17 milhões em dívidas acumuladas. “Com o recurso da Alerj, poderemos pagar algumas empresas terceirizadas e fornecedores, para continuar negociando e mantendo o funcionamento da universidade. Porém, os repasses mensais do Governo do Estado são essenciais”, explicou o reitor.

O pedido de utilização de parte do fundo para socorrer a Uenf foi feito pelo deputado estadual Bruno Dauaire (PR) em reunião do Colégio de Líderes. Em seu perfil no Facebook, o deputado comentou sobre a doação. “Alerj mais uma vez socorre o governo do Estado do Rio. Entregamos um cheque de 1,5 milhão para socorrer a Uenf. Resumo da história? Quebraram o Estado do Rio e se não fosse a ajuda da Alerj nesse caso, a Uenf correria o risco de fechar”.

Também estiveram presentes no encontro os deputados Dr. Julianelli (Rede), , Waldeck Carneiro (PT) e Comte Bittencourt (PPS).

Bruno Dauaire é o novo líder do PR na Alerj

brunnO deputado estadual Bruno Dauaire é o novo líder do PR na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A função antes era de Jair Bittencourt. Como líder, Bruno já encaminhou nesta terça-feira (17) as votações da bancada na Alerj. Em seu primeiro mandato, Bruno tem mostrado bom desempenho em articulações e diálogos.

Bittencourt, ex-aliado de Garotinho, deixou o PR e ingressou no PP, partido do governador em exercício Francisco Dornelles.

Alerj anuncia R$ 1,5 milhão para a Uenf

Deputado Bruno Dauaire informa que recurso para auxiliar a Universidade já foi liberado

Deputado Bruno Dauaire informa que recurso para auxiliar a Universidade já foi liberado

O presidente da Alerj, Jorge Picciani (PMDB), autorizou a liberação de R$ 1,5 milhão para ajudar a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), que enfrenta a pior crise financeira de sua história. O recurso é do Fundo Especial da Assembleia Legislativa, resultado de economias feitas pela mesa diretora no custeio da Casa.

O pedido de utilização de parte do fundo para socorrer a Uenf foi feito pelo deputado estadual Bruno Dauaire (PR) em reunião do Colégio de Líderes. Ele reforçou a sugestão no início da semana passada, durante reunião do Parlamento Regional (aqui) na Câmara de Vereadores de Campos, que foi aprovada.

Bruno também havia sugerido, e teve sua proposta aprovada, na mesma reunião, a criação da Frente Parlamentar da Alerj em Defesa da Uenf, que já teve requerimento apresentado e ficará sob a presidência dele. O fundo da Alerj já havia sido usado para ajudar a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e a Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo).

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados