Festa de Natal em Atafona

FB_IMG_1480291477612

Decoração de Natal em Atafona. (Foto: Daylane Bitencourth/Facebook)

O mesmo grupo que se reuniu para a decoração de Natal em Atafona, com a ornamentação do Trevo do Cuíca sem apoio do poder público, realiza nesta sexta-feira (23) uma festa. A chegada do Papai Noel para distribuição de brinquedos acontece às 16h. As doações são do comércio local e da comunidade em geral. O evento será realizado pelo Grupo Cultural Lourenço do Espírito Santo.

Areia retirada da avenida Atlântica em Atafona

Uma equipe da empresa que presta serviços de limpeza à Prefeitura de São João da Barra esteve em Atafona para retirada da areia que tomou conta de parte da avenida Atlântica, impedindo o trânsito totalmente. O registro foi feito pelo presidente da Câmara Aluizio Siqueira (PP), que publicou as imagens no Facebook:

15337666_924049351029116_4553474531949655428_n 15284034_924049317695786_3641996916771765755_n

Clima de Natal em Atafona

FB_IMG_1480291477612

Foto: Daylane Bitencourth/Facebook

Foi inaugurada na noite deste domingo (27) a decoração de Natal, em Atafona, que conta com uma árvore e um presépio no Trevo do Cuíca. A árvore foi feita com pneus inservíveis, dos de trator ao de bicicleta infantil. A iniciativa foi popular, não contou com recursos da Prefeitura. Moradores abraçaram a ideia, levantada pelo historiador Fábio Pedra e o grupo cultural Lourenço do Espírito Santo, e fizeram doações do material utilizado.

Já no relógio digital do Trevo, que, como os outros, está há muito tempo sem passar por manutenção, foi colocado um banner de boas-vindas e as palavras de Elvo Raposo: “Atafona não tem par, é sol, saúde e luar”.

Foto: Daylane Bitencourth/Facebook

Foto: Daylane Bitencourth/Facebook

Foto: Daylane Bitencourth/Facebook

Foto: Daylane Bitencourth/Facebook

Mar avança novamente em Atafona

Avanço do mar atingiu região do Pontal e prédio do Julinho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Avanço do mar atingiu região do Pontal e prédio do Julinho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

A madrugada desta segunda-feira (31) foi de mar revolto no litoral de São João da Barra, principalmente na praia de Atafona, que há décadas sofre com a erosão costeira. De acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, Felício Valiengo, o mar avançou e inundou parte do que restou do Pontal e dos manguezais. Também houve avanço na região do prédio do Julinho, que foi derrubado pelo mar em 2008, deixando exposta toda estrutura que estava coberta pela areia.

Apesar da ressaca, nenhuma residência foi atingida. “Não houve necessidade de remoção de famílias e também não houve nenhum chamado para a Defesa Civil”, assegura Valiengo, que acompanha a situação de perto.

Outro ponto preocupante em Atafona, no local da Caixa d’água, prestes a desabar e que já teve a demolição determinada por parte da Defesa Civil (veja matéria publicada na edição de domingo da Folha), não houve avanço significativo.

IMG-20161031-WA0033

Água chegou perto de residências na Baixada, perto do Pontal (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

IMG-20161031-WA0035

Defesa Civil monitora área, mas não houve necessidade de remoção (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Atualizado às 13h39 – Inclusão de fotos e link para a matéria sobre a caixa d’água.

Mais detalhes na edição desta terça-feira (1) da Folha da Manhã. 

 

Nova opção de lazer e entretenimento em Atafona

14708199_1788794631378365_4682936267953869116_n

Desde que o Atafona Praia Clube foi abandonado, o que culminou com sua demolição por parte do poder público municipal no ano passado, a praia ficou sem um espaço para confraternização após os tradicionais banho de mar. Agora, surge uma nova opção. A área da quadra e piscina da casa de Sônia Ferreira — palco do Atafolia — virou o “Moinho de Ventos”, que abrirá suas portas neste domingo (16), apostando em oferecer aos sanjoanenses e turistas diversas atrações, além de um espaço agradável na brisa da praia de águas douradas.

Para o primeiro dia, além de poder desfrutar da piscina, um redal e da quadra, o visitante ainda vai curtir show com Jadson Loureiro e banda. O “Moinho de Ventos” funciona em frente ao antigo prédio do Julinho, em Atafona.

Caixa d’água de Atafona é interditada pela Defesa Civil

(Foto: Leandro caldas/Facebook)

(Foto: Leandro caldas/Facebook)

A Defesa Civil de São João da Barra notificou a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), sobre a interdição na última quinta-feira (22) da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Atafona, localizada, na João Batista de Almeida (mais conhecida como a rua da Caixa d’água). No entanto, o abastecimento está garantido e vem sendo feito a partir de um poço aberto pela empresa, na chegada da praia. Após vistoria, técnicos do órgão municipal constataram que o reservatório desativado corre o risco iminente de desabamento, estabelecido no Código Brasileiro de Desastres.

A estação, construída no final dos anos 60 foi ampliada com o crescimento populacional da praia com novos reservatórios, para dar suporte ao grande número de imóveis que começaram a surgir. Ela se encontra em área de erosão costeira classificada como área de risco muito alto, e vem sendo bastante castigada com as ressacas do mar ao longo dos anos.

O coordenador de Defesa Civil municipal, Felício Valiengo, ressaltou que os responsáveis pelo imóvel terão um prazo de sete dias a contar da data de recebimento do termo de interdição para providenciar a demolição e a retirada dos entulhos. Eles também devem comparecer à Defesa Civil, para apresentação do laudo sobre as ações implementadas.

— O não cumprimento do termo de interdição resultará em pena de ação coercitiva, que consiste em demolição e reparação pelo poder público municipal — explicou.

Na Folha — Em matéria publicada no dia 20 de julho, a Folha da Manhã falou sobre a possibilidade de interdição e posterior demolição da caixa d’água de Atafona. Confira aqui.

Atafona: sem energia, sem telefonia móvel, sem comunicação

comunicacao

Apesar de vários assuntos a serem abordados pela manhã desta quinta-feira (1º), este blog não pode ser atualizado. Atafona amanheceu com problemas no fornecimento de energia elétrica e no sinal de telefonia móvel, o que acarretou em muitos transtornos para os moradores. Na sede do município de São João da Barra, o problema se repetiu. A Prefeitura chegou a fechar as portas mais cedo, dispensando todo o pessoal antes das 12h.

Os problemas com energia elétrica começaram na quarta-feira (31), mas em várias localidades do município se arrastaram pela quinta-feira.

Sobre o problema de energia da quarta-feira, o Operador Nacional do Sistema (ONS) Elétrico informou que às 14h54 ocorreu o desligamento automático de duas linhas de transmissão em 500 kV, de Furnas, em Adrianópolis, Nova Iguaçu. Em nota, o ONS informou que, em sequência, ocorreram desligamentos em diversos circuitos da rede de operação em 138kV, pertencentes às distribuidoras de energia Light e Ampla. Com isso, houve a interrupção de cerca de 2,3 mil MW de carga (cerca de 37% da carga total do Estado do Rio de Janeiro no momento, 6,1 mil MW). Segundo informações preliminares, foram atingidos consumidores das regiões dos lagos, norte e noroeste fluminense e alguns bairros da capital.

Nesta quinta, equipes da Ampla estavam trabalhando em vários pontos da cidade.

Inea em Atafona para licenciar obra de contenção do avanço do mar

Mar avança no litoral há décadas

Mar avança no litoral há décadas

Uma equipe do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) está em Atafona para elaborar a documentação necessária e licenciar, se for o caso, a obra de contenção do avanço do mar no litoral sanjoanense. No ano passado, o Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias (INPH) apresentou a conclusão dos estudos do processo de erosão marítima do Pontal de Atafona até a praia de Grussaí. Na oportunidade, também foi mostrado como seria feita restauração da orla.

Há mais de 50 anos a erosão costeira vem redesenhando a paisagem de Atafona. São cerca de três metros a menos de faixa de areia a cada ano. Desde a década de 1960, mais de 15 ruas e 500 casas foram engolidas pela água. Os estudos do INPH para conter o avanço do mar em Atafona tiveram início em 2013.

A Prefeitura prevê que a obra não seja concluída com valor inferior a R$ 170 milhões. No momento de queda de arrecadação municipal e com cenário de crise nas esferas estadual e nacional, o valor é visto como inviável. Entretanto, com estudo já pronto e com o licenciamento em mãos, a realização da obra fica condicionada a obtenção de recursos, sem nenhum impedimento burocrático.

Mais informações na edição desta quarta-feira (31) da Folha da Manhã

Segunda edição da “Atafona Premier League” começa nesta terça

13055571_1008462899201116_6245657357228019607_nComeça nesta terça-feira (3) a segunda edição da “Atafona Premier League” de futebol society. A ideia, inicialmente despretensiosa de um grupo de amigos, movimentou as noites dos “boleiros” sanjoanenses no ano passado e a expectativa são as melhores para esta edição, com número maior de clubes. Os jogos são realizados no campo do sítio do Cuíca, em Atafona, rebatizado durante a Liga de “Arena Cuíca”.

O torneio acontece sem incentivo do poder público, apenas com a contribuição das 12 equipes que se inscreveram. As partidas acontecem de 3 de maio a 25 de outubro, data da grande final. A equipe campeã vai receber troféu, medalhas e R$740, enquanto o segundo receberá medalhas e R$ 400. A Liga vai premiar ainda o melhor jogador da rodada e a seleção da competição.

A partida inicial será entre a Fúria, atual campeã (aqui), e a Força Jovem, equipe de Grussaí que faz sua estreia na Liga. O confronto acontece às 19h30 desta terça na Arena Cuíca. E promete, como no ano passado, arrastar muitos torcedores. Além dessas equipes, estão na competição a Laranja, Beira Rio, Grêmio, Chelsea, Inter, AGS, Porto, Arsenal, Atlas e Barcelona.

Vale lembrar que a Atafona Premier League é apenas uma competição entre amigos, não tendo a liga nenhuma validade jurídica.

Um mar de fé em Atafona nesta segunda-feira

12321436_1796930433868601_2746250628945691717_n

Atafona está em festa pelo dia de sua padroeira, Nossa Senhora da Penha. Antes mesmo de o sol raiar nesta segunda-feira (4), devotos iniciaram uma vigília de oração na igreja e participaram da alvorada, às 5h. O bispo diocesano Dom Roberto Francisco Ferreria Paz celebrou a solene missa às 10h, realizada em frente à igreja, que não comporta o grande número de fiéis que visitam a praia de Atafona neste dia de festa. O deputado estadual Bruno Dauaire (PR) esteve na celebração e entregou à Irmandade e ao bispo cópia do projeto de lei, já aprovado e publicado, que torna a procissão de Nossa Senhora da Penha Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Rio de Janeiro. O ato de fé, que reúne milhares de devotos em Atafona, tem início às 17h.

O dia conta também com atividades recreativas tradicionais, realizadas pela Irmandade com apoio da comunidade e comércio local, como pau de sebo e cabo de guerra. Após a procissão, a banda Dom Divino faz sua apresentação. A festa conta ainda com show de forró, com a banda Levada Mix.

12h- Concurso de Pipas / Porto da Penha: 1º lugar- R$ 150,00 Of. Seu Dias; 2º lugar- R$ 100,00 Of. Posto Santa Rita de Cássia; 3º lugar- R$ 80,00 Of. Dilce

13h- Pega do Pato no Paraíba: 1º lugar – R$ 150,00 – Of. Farmácia Nossa Senhora dos Navegantes; 2º lugar – R$ 100,00 – Of. Cuíca; 3º lugar- R$ 80,00 – Of. Maria Vitória (Cuíca)

14h- Concurso de Tarrafa: 1º lugar – R$ 150,00 Of. Rosete;  2º lugar – R$ 80,00 Of. Padaria Nova Esperança

15h- Pau de sebo para homens/ Porto da Penha: 1º lugar – R$ 200,00 Of. T.T.E. Empreendimentos

16h- Cabo de Guerra para homens / Porto da Penha: 1º lugar – R$ 200,00 Of. Pousada Amiga Márcia

17h- Tradicional Procissão Terrestre de Nossa Senhora da Penha, percorrendo as principais vias da Praia de Atafona, acompanhada pelos inúmeros devotos e autoridades religiosas, civis e militares. “Atafona será mais uma vez… Um mar de Fé!”

20h30- Cerimônia de Coroação de Nossa Senhora da Penha.

20:45h- Dom Divino

22h- Mistura Fina.

23h45- Solenidade da descida do Quadro de Nossa Senhora da Penha; Queima de fogos.

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados