Ginásio de Esportes interditado em SJB

GinásioDevido o telhado apresentar risco iminente de desabamento e deslocamento, provocados pelos fortes ventos, a Defesa Civil de São João da Barra interditou o Ginásio Poliesportivo Arlindo Aquino, desde a última quarta-feira (11). A iniciativa visa proteger quem utiliza ou passa pelo local.
De acordo com de Defesa Civil Adriano Assis, o espaço não recebe nenhum tipo de manutenção desde o ano de 2012. “Sem manutenção, a solução foi interditar o local até que esteja seguro para funcionamento. A estrutura metálica está comprometida e as telhas galvanizadas soltas, corroídas, enferrujadas e furadas. Além disso, os vestiários e sanitários se encontram em condições precárias com lavatório e teto de gesso quebrado, entre outros”, avaliou.
Nos últimos anos, a falta de estrutura na quadra poliesportiva é alvo constante de reclamações , especialmente nas redes sociais.
O subsecretário de Obras Paulo Cézar Fontoura, por medida de segurança, iniciou os serviços de recolhimento das telhas soltas e relatou que será feita uma planilha orçamentária para reforma geral do Ginásio, e posteriormente abertura de licitação para execução dos serviços.
Espaço para atividades —Enquanto o Ginásio estiver interditado, os jogos de futsal podem ser realizados na quadra do Estádio Municipal Manoel José Viana de Sá. Já as partidas de vôlei podem ser realizadas na quadra do Ciep, conforme informou o secretário de Turismo, Esporte e Lazer de SJB, Analiel Vianna. “Os atletas interessados em utilizar os espaços disponibilizados estão sendo atendidos mediante a apresentação de ofício com a solicitação”, disse o secretário, que está recebendo os pedidos na secretaria de Turismo, agora ao lado da secretaria de Educação, na BR 356.

Com informações da Secom

Mais nomeações no Diário Oficial de SJB

Prefeitura  sjbA edição desta terça-feira (17) do Diário Oficial de São João da Barra traz 19 novas portarias entre nomeações de cargos de confiança (CC) e designações para funções gratificadas (FG). A publicação oficial traz também os nomes dos responsáveis por avaliar as propostas das empresas interessadas em explorar a área do Balneário de Atafona a partir deste fim de semana para a realização de eventos, sem a cobrança de ingressos. Subsecretário de Turismo,  Júnior Monteiro preside o grupo.

Veja as nomeações por pastas:

Saúde:
Roger Andrade Pinto (CC-4)

Turismo, Esporte e Lazer:
Lucas Alexandre Gonçalves Alves (CC-4)

Meio Ambiente:
Sérgio Roberto Canella (CC-2)

Pesca:
Silvana Ribeiro Gomes (CC-4)

Comunicação:
Gil Wagner Amaral Miranda (CC-1)

Meio Ambiente:
Jorlan da Silva Gonçalves (FGE)

Transportes e Trânsito:
Antônio José dos Santos (FGE-1)
Adilson Ferreira Barros (FG-2)
Claudiney de Souza Oliveira (FGE-1)

Planejamento e Informatização:
Anderson Ribeiro Rangel (CC-1)
Marcelino Godinho Carqueira de Souza (CCE-1)
Jeferson Pessanha Gomes (CC-1)
Wagner Coelho Borges (CC-4)
Tulio Almeida Peixoto (CC-3)
Gustavo Barcellos Meireles (CC-1 *republicado por incorreção)

Fazenda:
Maria Isabel Gama Nunes (CC-4)

Educação:
Nanderson Ribeiro da Costa (CC-1)

Obras:
Antônio Marcos Pinto Maria (CC-1)
Elaini Amaral da Silva (CC-3)

SJB abre edital para empresas interessadas em realizar eventos no verão

BalneárioAs empresas interessadas em explorar o Balneário de Atafona para realização de eventos no verão 2017 já podem preparar a documentação. Foi publicado no Diário Oficial dessa sexta-feira (13) o “edital de convocação para outorga de permissão temporária de uso de imóvel a terceiros para realização de programação cultural, de lazer e entretenimento”. O objetivo da Prefeitura é que empresas privadas utilizem o espaço, sem cobrar ingresso da população, para realização de shows no espaço, substituindo a programação realizada antes pelo poder público na alta temporada. Os shows podem ser locais, regionais ou nacionais. As propostas serão apresentadas e avaliadas no dia 18 de janeiro. A expectativa é que os eventos tenham início já no próximo sábado (21) e prossiga até 19 de fevereiro, último domingo antes do Carnaval.

Maternidade da Santa Casa reabre com nascimento de menino em SJB

16105971_988543994613356_164344392861487922_n

Prefeita visita primeiro bebê nascido após reabertura da Santa Casa (Foto: Facebook)

A maternidade da Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra foi reativada na manhã desta quinta-feira (12), às 7h, e três horas de nasceu o primeiro bebê. Thayllon Eraldo Rangel Bittencourt, filho do casal Yanka Belmiro Rangel, 18 anos, e Uanderson Bittencourt, 25 anos, do bairro da Chatuba, na sede do município, nasceu às 10h05. O bebê e a mãe receberam a visita da prefeita Carla Machado (PP). Por falta de repasse da Prefeitura, a Santa Casa paralisou todos os atendimentos durante o governo Neco (PMDB), no ano passado. O primeiro foi a maternidade, agora reativada.

Para o secretário de Saúde Godofredo de Sá, o nascimento desta criança mostra a real necessidade deste importante serviço para as famílias sanjoanenses. “Nossa meta foi alcançada, a partir de hoje todas as famílias que necessitarem deste serviço terão acesso, basta procurar a Unidade Básica de Saúde ou o Programa Saúde da Família e fazer o cadastro no pré-natal”, explicou.

Em seu perfil no Facebook, a prefeita Carla Machado comentou sobre a reativação da maternidade da Santa Casa. “É muito gratificante ver o resultado de um trabalho sério e comprometido com a população. Quero agradecer a todos os profissionais que realizaram o parto e a toda equipe da secretaria de saúde, na pessoa do nosso secretário Godofredo e nossa subsecretária Keth, juntamente com o provedor da Santa Casa, Pedro Chagas, pelo empenho em tornar esse sonho realidade. Com a reabertura da maternidade, as nossas gestantes poderão ter a tranquilidade de poder ter seus filhos ‘em casa’. Estamos muito felizes com essa conquista!”, escreveu Carla, que também publicou foto ao lado do primeiro bebê nascido na maternidade.

Ex-gerente da Caixa na direção do SJBPrev

madureiraA prefeita Carla Machado (PP) nomeou Luiz Paulo Ferreira Madureira, ex-gerente da Caixa Econômica Federal, para atuar como diretor-executivo do SJBPrev — o regime próprio de previdência social do município de São João da Barra. No governo Neco, Madureira foi secretário de Trabalho e Renda, pasta extinta na atual gestão.

A situação do SJBPrev é mais uma caixa preta em SJB. No ano passado, o fundo informou à Câmara que o município teria uma dívida de R$ 13 milhões – sendo R$ 4.139.719,32 referentes à contribuição previdenciária dos segurados em atividade, inativos e pensionistas e R$ 8.911.729,34 da parte patronal.

A publicação está no Diário Oficial desta quinta-feira (12), que traz outras 34 nomeações (confira aqui)

SJB: Diário Oficial repleto de nomeações

Prefeitura sjbA edição desta quinta-feira do Diário Oficial de São João da Barra, a Folha da Manhã, está repleta de nomeações e designações para funções especiais. No total, são 35. Esta é a primeira grande leva de nomeações que não seja só para secretários, sub e coordenadores, já que constam também outros cargos comissionados dentro das pastas. Em recente entrevista, a prefeita Carla Machado (PP) informou que o município fará contingenciamento de 20% nos comissionados, conforme publicado em decreto de emergência econômica.

Adriano de Assis foi nomeado coordenador da Defesa Civil (CCE-1) e Welington Gonçalves Barreto, subcoordenador (CC-1). Marinaid Mothe da Silva é a coordenadora deral de Licitação e Contratos (CCE-1). O novo ouvidor geral do município é João Paulo Ferreira Lobato de Almeida (CCE-1). No Turismo, esporte e Lazer, a subsecretaria ficou com Orlando Viana Monteiro Junior, o Junior Monteiro (CCE-1). Já a servidora Tulliane Nogueira de Aquino foi designada para direção do núcleo de Controle de Zoonose e Vigilância Ambiental (FGE). Na Assistência, Julia Aparecida Diniz Leite é a coordenadora geral (CCE-1). Houve também a nomeação para direção do SJBPrev (veja aqui).

Confira as outras nomeações e designações:

— Educação

  • Fernando Antônio Lobato Borges (CC-1)
  • Heloisa Helena Mendonça Viana (FGE)
  • Angelica Rodrigues da Silva (CC-1)
  • Alcimar Ribeiro Melo (CC-1)
  • Viviane de Assis Berto (FGE)
  • Josinea Ribeiro Mota Bandeira (FGE)
  • Charlene de Souza Penha Rangel (FGE)
  • Paulo Roberto Cabral Alvarenga (CC-1)

— Administração

  • Angelita Abreu Oliveira (CC-6)
  • Sammyr da Costa Pinho (CC-6)
  • William Ribeiro Barbosa (CC-4)
  • Rafaela Freitas Conceição (CC-2)
  • Isaac Velasco de Souza Junior (CC-2)
  • Lucimar dos Santos da Silva (CC-1)
  • Luiz Edmundo Peixoto Matoso (CC-1)
  • Manoel Amaro da Silva Paes (FG-6)
  • Casonilda de Souza Canela (FG-6)

— Fazenda

  • Bruna Lopes dos Santos (CC-3)
  • Thiago Fontoura da Silva (CC-1)

— Saúde

  • Julio Cesar Nogueira Cardoso (CC-1)
  • Vinicius Teixeira Marques (CC-1)

— Obras

  • Fernanda Rangel da Silva (CC-4)
    Denis Merlim Rosa (CC-4)
    Josiane Rangel de Carvalho (CC-1)

— Comunicação

  • Jeronimo Machado Rangel (CC-1)

— Assistência Social

  • Marcelo Azevedo da Silva (CC-1)

— Planejamento e Informatização

  • Gustavo Barcellos Meireles (CC-1)

— Transportes e Trânsito

  • José Antônio Cordeiro Cruz (CC-1)

Turismo não descarta artistas de renome nacional no verão de SJB

aereasaojoao_NovaO secretário de Turismo de São João da Barra, Analiel Vianna, não descarta a possibilidade de shows de artistas de renome nacional no verão deste ano. Analiel salienta, porém, que as apresentações só vão ocorrer caso haja parceria com o setor privado. A afirmação vai de encontro à lei publicado no Diário Oficial desta terça-feira (10) que “autoriza o poder Executivo municipal a outorgar permissão de uso de áreas públicas, em caráter precário e temporário, para realização de programação cultural”, com especificações diretas ao Balneário de Atafona.

Caso não haja parceria para shows nacionais, atrações locais e regionais estão sendo preparadas pela secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. A previsão é que as atividades sejam realizadas na segunda quinzena de janeiro.

Carla Machado nomeia mais uma parte do primeiro escalão

Carla_prefeitaA prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), nomeou no Diário Oficial desta terça-feira (10) mais uma parte do seu primeiro escalão de governo. Eles vão exercer as funções de secretário (com salário mensal de R$ 11.998,06), subsecretário (com vencimentos de R$ 9.604,59) e coordenadores, que recebem na mesma faixa dos subs. Entre as nomeações está a de Keth Miranda, esposa do vice-prefeito Alexandre Rosa (PRB), como subsecretária de Saúde. Carla já havia anunciado que ela coordenaria o setor de “saúde da mulher” na atual gestão. Na Guarda Civil Municipal, funcionários foram designados em funções especiais também no DO desta terça, a Folha da Manhã. No entanto, ainda não houve indicação para o comando.

Veja os nomeados com cargo de confiança para o primeiro escalão:

Secretário de Administração – José Antônio Paulo Fonseca;

Coordenador Geral de Meio Ambiente – Marcelle Manhães Terra;

Coordenador Geral de Obras – Marcos Antônio de Sá Machado;

Coordenador de Planejamento de Obras – Denize Alves de Souza Freitas;

Subsecretária de Fazenda – Marília Seufetelli;

Subsecretário de Controle – Luis Fernando de Alvarenga Leandro;

Tesoureiro do Fundo Municipal de Saúde – Jacqueline Bellieny de Souza Gaspar;

Subsecretário de Obras – Paulo Cezar Aziz Fontoura;

Subchefe de Gabinete – Moises Moreira Ferreira;

Subsecretária de Saúde – Keth Fernandes Miranda.

Carla fala sobre reforma administrativa, pagamentos e vale-transporte

Carla_A prefeita Carla Machado (PP), de São João da Barra, vai realizar um reforma administrativa para a redução de secretarias e cargos comissionados. A informação, antecipada na coluna Caiu na Rede, assinada por este blogueiro e publicada na Folha da Manhã (aqui), foi confirmada pela prefeita em entrevista na última sexta-feira (6). Carla também falou sobre o vale-transporte dos servidores, em atraso. Ela afirmou que os diálogos nesse sentido seriam feitos nesta semana. Com relação aos pagamentos da segunda parcela do 13º salário e o do mês de dezembro, ela diz que “estão entre as prioridades”, mas não descarta a possibilidade de parcelamento dos valores não honrados pela gestão anterior, do ex-prefeito Neco (PMDB). A prefeita assegura que os proventos referentes ao mês de janeiro serão efetuados de forma regular.

Confira as declarações de Carla Machado sobre os assuntos:

Pagamento de dezembro e 13º — “Com o pagamento dos efetivos, não tenho previsão, não posso falar de datas. Posso assegurar que é nossa prioridade. O nosso mês vai ser cumprido, como sempre foi nos meus oito anos de governo. Os demais eu vou fazer um esforço. Só não tenho dados suficientes para dizer o dia em que vai ser pago, se vai ser pago em uma parcela, se serão em mais parcelas. Eu preciso de um estudo maior. Não adianta eu chegar aqui falar uma coisa e não ser cumprida amanhã. Então, nós vamos tratar o servidor municipal com todo respeito e carinho”.

Vale-transporte — “A princípio, a gente pode até, se não disponibilizar pela empresa Campostur, substituir por condução, ônibus que possam trazer e levar funcionários de Campos e outros vindos do 5º distrito também. Essa é uma análise que ainda estamos fazendo. Está muito complicada a gestão, dados oficiais, histórico das coisas, até o sistema só tivemos acesso na quarta-feira (4). Nem senha a gente tinha”.

Reforma administrativa — “Nesse decreto [de emergência econômica, aqui] já há um contingenciamento de 20% [dos cargos comissionados]. Eu pedi para que fosse 20% agora, mas a minha pretensão é de ser um contingenciamento até maior, na ordem de 30% nesse primeiro ano, mas 20% já vai se ter de economia em termos de pessoal. Foi publicado em dezembro, na Folha da Manhã, que o município estava com seu limite [para gastos com pessoal] quase que alcançado, de 51%, se não me engano. 51% ou 53%, estou em dúvida aí. Então, a gente não tem como ultrapassar esse limite sob pena de contrariar a lei de responsabilidade fiscal. Essa análise eu só vou poder ter de forma correta após o fechamento da folha. Hoje a ordem é o mínimo, mínimo, mínimo para que a gente possa iniciar nosso trabalho, até que a gente tenha dados melhores. A reforma administrativa nós faremos sim. E não vai ser no Gabinete de Gestão de Crise, que cuidará do passivo deixado pelo governo anterior. A secretaria de Administração, em conjunto com as demais secretarias e com nosso Gabinete, é que vai proceder essa reestruturação administrativa. Redução já está havendo. Não houve nomeação para secretário de Comunicação, que [a secretaria] vai ser extinta. Não houve nomeação para secretário de Pesca, que vai unificar com Agricultura. E não houve nomeação para secretário de Trabalho e Renda. A princípio, essas três secretarias já estão iniciando essa transição para que se transformem em subsecretarias. A Comunicação vai estar associada a outra secretaria. A Chefia de Gabinete, provavelmente, se transformará em secretaria de Governo. E nós pretendemos estar criando duas secretarias que nós consideramos importantes demais para a administração. Temos no município um dos maiores empreendimentos privados do mundo, que é complexo Porto Indústria do Açu. Nós temos que dar a esse empreendimento atenção especial, no intuito de estar buscando através desse empreendimento fomentar a economia do município, com aproveitamento melhor da mão de obra local. E a outra é a questão da Segurança Pública ou, que a gente está discutindo, a secretaria de Ordem Pública, para que a gente possa ter um desenvolvimento sustentável. São João da Barra vai ter ordem, bandido não vai se criar”.

Carla Machado: “Estamos abrindo uma caixa preta”

Carla_prefeitaDívidas acumuladas, poucos esclarecimentos e incertezas quanto à solução dos problemas.  A situação vivida pelo município de São João Barra até o dia 31 de dezembro 2016 obrigou a prefeita Carla Machado (PP) a implantar o Gabinete de Gestão da Crise (GGC). Uma das principais funções do setor, funcionando a partir desta segunda-feira (9), das 9h às 17h, no Gabinete da prefeita, será diálogo com pessoas e empresas que tenham pendências com o poder público oriundas da administração anterior.

Com uma dívida inicial herdada da antiga administração de R$ 178 milhões, a Prefeitura abre esse canal de comunicação buscando solucionar os problemas e, também, visando tomar conhecimento da real situação, já que o montante apresentado pode ser ainda maior levando-se em consideração a possibilidade de haver dívidas ainda ocultas.

— Na verdade, estamos abrindo uma caixa preta. Além da total falta de responsabilidade com o município, a dificuldade imposta pela antiga gestão no período de transição não nos permitiu tomar ciência de como está a situação da prefeitura como um todo e, de forma específica, na parte financeira. Peço às pessoas que têm algo relacionado ao governo passado a tratar, que vão direto ao Gabinete de Gestão. Todos os casos serão analisados — destacou a prefeita, enfatizando que não é necessário procurar nenhuma secretaria.

Instituído no decreto de emergência econômica e financeira publicado no dia seis de janeiro, o Gabinete de Gestão da Crise é composto por integrantes da Procuradoria Geral do Município, Coordenadoria de Controle Interno, e secretarias municipais de Administração, Fazenda, Planejamento e Saúde. Profissionais ligados ao Gabinete também atuam no atendimento aos interessados.

Fonte: Secom/SJB

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados