“Partido alto”, custo menor: veja cachês de Arlindo Cruz e Dudu Nobre no verão de SJB

Arlindo Cruz encerrou a programação de Verão na sede.

Arlindo Cruz encerrou a programação de Verão na sede.

Na sequência do valor dos shows no verão 2015 em São João da Barra, o Diário Oficial desta quarta (20) e quinta-feira (21), trouxe os valores pagos pelos shows dos sambistas Dudu Nobre e Arlindo Cruz, que se apresentaram, respectivamente, em Grussaí, dia 31 de janeiro, e na sede do município, no dia 21 de fevereiro.

O valor dos cachês não são os mais altos desta programação. Aliás, a soma do que foi pago aos sambistas não pagariam outras atrações. A apresentação de Dudu nobre custou aos cofres públicos o valor de R$ 70 mil. Já o show de Arlindo Cruz ficou em R$ 90 mil.

Neste mês, o DO já trouxe os valores dos shows de Israel Novaes (aqui), Jota Quest (aqui) e de Jammil (aqui). No início de março, a Prefeitura publicou o valor gasto com os três shows do réveillon (aqui). Na mesma semana,  o blog do jornalista Alexandre Bastos mostrou aqui os cachês de Anitta e Mumuzinho.

Prefeitura de SJB publica valor do show de Israel Novaes

Artista foi a atração da praia de Grussaí no dia 24 de janeiro.

Artista foi a atração da praia de Grussaí no dia 24 de janeiro.

Mais uma atração do Verão 2015 em SJB teve o valor divulgado no Diário Oficial. Nesta terça-feira (19), o cachê revelado foi o do músico Israel Novaes, que se apresentou no dia 24 de janeiro por R$ 140 mil. Após um verão recheado de atrações nacionais, devido ao período de crise, o prefeito Neco (aqui) anunciou que fará cortará gastos com eventos. A primeira medida será com o Circuito Junino que poderá ter, no máximo, dois shows nacionais. A intenção é valorizar artistas regionais, dos quais os cachês são mais baratos.

No DO desta terça, ainda com relação aos shows, é possível constatar a diferença entre o valor de um artista de nível nacional para as pratas da casa. Enquanto Israel Novaes levou R$ 140 mil, a Prefeitura pagou com R$ 38.190,00 oito atrações locais — entre bandas e DJs. Acredita-se que é nesta economia que Neco aposta para que o Circuito seja realizado, mas sem prejudicar os cofres do município, já que as receitas dos royalties vem caindo a cada novo repasse.

Neste mês, o DO já trouxe os valores dos shows de Jota Quest (aqui) e de Jammil (aqui). No início de março, a Prefeitura publicou o valor gasto com os três shows do réveillon (aqui). Na mesma semana,  o blog do jornalista Alexandre Bastos mostrou aqui os cachês de Anitta e Mumuzinho.

 

Jota Quest foi um dos melhores e dos mais caros shows no verão 2015 de SJB

Show aconteceu no Balneário e reuniu grande público.

Show aconteceu no Balneário e reuniu grande público.

O valor de mais uma atração no verão de São João da Barra foi revelado no Diário Oficial do Município, nesta quinta-feira (14). Considerado recorde de público e um dos melhores shows da temporada, está também entre os mais caros. A apresentação que reuniu milhares no Balneário de Atafona no dia 18 de janeiro custou R$ 160 mil. Somente dois dos três shows de réveillon (aqui) foram mais caros que a banda mineira. No entanto, na virada do ano o cachê costuma ser dobrado.

Além de Jota Quest nesta quinta, o DO de quarta (13) trouxe o valor da atração do dia 17 de janeiro na praia de Grussaí, Jammil, que custou R$ 105 mil (aqui). No início de março, a Prefeitura publicou o valor gasto com os três shows do réveillon, que ficaram em pouco mais de meio milhão. Na mesma semana, como o blog do jornalista Alexandre Bastos mostrou aqui, Anitta recebeu R$ 130 mil para apresentação em Grussaí, no dia 03 de janeiro, e o cantor Mumuzinho, R$ 80 mil pela apresentação no Açu.

Verão 2015 em SJB: Divulgado valor do show de Jammil

Show foi a principal atração em Grussaí no dia 17 de janeiro. Foto: Divulgação

Show foi a principal atração em Grussaí no dia 17 de janeiro. Foto: Divulgação

Já passou o verão, o Carnaval foi embora e a festa de Nossa Senhora da Penha, também. A programação do Circuito Junino deve estar no forno para movimentar o calendário turístico de São João da Barra. No entanto, ainda não se sabe o valor da maioria dos shows da alta temporada em 2015. O Diário Oficial desta quarta-feira (13), torna público o valor do cachê da banda Jammil e Uma Noites, que aconteceu no dia 17 de janeiro, em Grussaí. A apresentação custou R$ 105 mil.

No início de março, a Prefeitura publicou o valor gasto com os três shows do réveillon (aqui), que ficaram em pouco mais de meio milhão. Na mesma semana, como o blog do jornalista Alexandre Bastos mostrou aqui, Anitta recebeu R$ 130 mil para apresentação em Grussaí, no dia 03 de janeiro, e o cantor Mumuzinho, R$ 80 mil pela apresentação no Açu.

As outras atrações de nível nacional que participaram do Verão 2015 em SJB ainda não tiveram o valor do cachê divulgado.

Shows do Réveillon em SJB custaram mais de meio milhão

João Lucas & Marcelo receberam R$ 220 mil por apresentação em Grussaí

João Lucas & Marcelo receberam R$ 220 mil por apresentação em Grussaí. Foto: Divulgação

Todo mundo sabe que a estrutura conta com palcos, segurança, som, iluminação, camarim, banheiros químicos, geradores, shows locais e uma infinidade de outros detalhes. Mas a curiosidade mesmo é com relação aos valores dos shows nacionais que movimentaram a programação do Verão 2015 em São João da Barra. Antes, tivemos as atrações da noite de Réveillon. Nos três últimos dias, foram publicados no Diário Oficial os valores dos shows da noite da virada. As apresentações de João Lucas & Marcelo, Humberto e Ronaldo e Moraes Moreira, somadas, custaram aos cofres públicos pouco mais de meio milhão de reais. Exatamente R$ 510 mil. Vale destacar que no Réveillon, como em outros feriados, o cachê costuma ser dobrado.

O show da dupla Humberto e Ronaldo, no Açu, custou R$ 200 mil. Foto: Paulo Pinheiro

O show da dupla Humberto e Ronaldo, no Açu, custou R$ 200 mil. Foto: Paulo Pinheiro

O show mais caro foi o da praia de Grussaí. Para dar as boas vindas ao ano de 2015, a dupla João Lucas & Marcelo levou R$ 220 mil, como mostrou a publicação no Diário Oficial desse sábado (28). Na praia do Açu, os sertanejos Humberto e Ronaldo se apresentaram pelo cachê de R$ 200 mil, conforme publicação no DO de domingo (1º). E na sede do município, o cantor Moraes Moreira fez o show de ano novo por R$ 90 mil, a publicação está no DO desta segunda-feira (2).

Nos próximos dias, serão revelados os valores dos shows nacionais que agitaram o litoral sanjoanense. Por fim de semana, o número mínimo de atrações nacionais foi de três.

Moraes Moreira recebeu R$ 90 mil para dar as boas vindas a 2015 na sede do município. Foto: Divulgação

Moraes Moreira recebeu R$ 90 mil para dar as boas vindas a 2015 na sede do município. Foto: Divulgação

Investimentos na Saúde — É bom lembrar que na última semana a prefeitura de São João da Barra publicou diversos extratos dos investimentos na área da Saúde, como home care e tratamento de UTI. Também na semana passada, a secretária Denise Esteves informou durante audiência pública que foram gastos R$ 129 milhões na pasta.

Neco: “Carnaval inesquecível”

Neco acompanha e se diverte com o desfile das escolas de samba em SJB. Foto: Paulo Pinheiro

Neco acompanha e se diverte com os desfiles das escolas de samba em SJB. Foto: Paulo Pinheiro

O prefeito de São João da Barra, Neco (PMDB), usou seu perfil no Facebook para comentar os dias de folia no município. Para Neco, foi um “Carnaval inesquecível”. Pontos que funcionaram bem, principalmente na Avenida do Samba, foram destacados pelo prefeito. Entre eles a segurança. “Da nossa parte fizemos diversas reuniões com os setores de segurança para que o carnaval tivesse paz e tranquilidade. O folião pode brincar e se divertir com sua família e amigos”.

Neco também falou sobre planejamento, de “uma festa feita em conjunto entre a prefeitura e o povo” e disse que está “trazendo de volta aquele carnaval familiar”. Como este blog postou aqui na Quarta-feira de Cinzas, o prefeito também falou sobre pontos que podem ser melhorados. “Certamente que vamos avançando, mas este ano mostrou porque temos o melhor carnaval”.

O prefeito aproveitou a postagem para convidar a população e turistas para o show de encerramento do verão 2015. Neste sábado, na sede do município, o cantor Arlindo Cruz se apresenta às 22h. No Açu, domingo, às 22h, quem sobe ao palco é Cristiano Araújo.

Veja o post completo  do prefeito Neco:

“Carnaval inesquecível

Meus amigos

Queria parabenizá-los pelo belo carnaval que São João da Barra promoveu. Uma festa linda em todos os cantos do município. Uma festa feita em conjunto entre a prefeitura e o povo.

Da nossa parte fizemos diversas reuniões com os setores de segurança para que o carnaval tivesse paz e tranquilidade. O folião pode brincar e se divertir com sua família e amigos. Movimentamos todas as secretarias para que a organização do carnaval nos trouxesse de retorno a certeza do dever cumprido.

Com planejamento, mesclamos grandes shows nacionais, bandas regionais e locais, apoio aos blocos, brincadeiras, escolas de samba e concursos culturais. São João da Barra recebeu um público de qualidade nos dias de folia. Uma movimentação turística como não se via há anos que fomentou nossa economia nos bares, restaurantes, supermercados, pousadas, ambulantes. Nosso comércio em geral pode ganhar seu dinheiro.

Estamos trazendo de volta aquele carnaval familiar. Certamente que vamos avançando, mas este ano mostrou porque temos o melhor carnaval.

Investimos com responsabilidade para o bem estar de nossa população, dos veranistas e turistas.

Tenho certeza de que em 2016 faremos outro grande carnaval”.

Cobrança irregular de estacionamento no Balneário de Atafona

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Impedir a ação dos “flanelinhas” que atuam no verão de São João da Barra é praticamente impossível para o poder público. Entretanto, fiscalizar é dever. De acordo com denúncia, existem pessoas cobrando estacionamento dentro da área do Balneário de Atafona, local que recebe grandes shows nacionais todos os domingos. O valor cobrado varia entre R$ 10 e R$ 20. A ação deveria ser proibida pela Prefeitura, uma vez que o espaço pertence ao Estado e está cedido para administração da municipalidade. O secretário de Transporte e Trânsito de São João da Barra, Mário Rocha Filho, afirmou: “Dentro do Balneário eu garanto que isso não existe. Temos feito ações conjuntas com a Guarda Municipal, Polícia Militar e a Polícia Civil para coibir essa contravenção penal”.

Recibo que seria usado para controle de carros estacionados no Balneário de Atafona

Recibo que seria usado para controle de carros estacionados no Balneário de Atafona

De acordo com Mônica Paes, que recebeu a denúncia e encaminhou para o blog, o valor é cobrado por pessoas que não são da cidade, mas com “conivência” de quem deveria fiscalizar. “A cobrança na rua já é ilegal. Imagina você chegar ao Balneário e ser informada que tem gente cobrando estacionamento. Isso é um absurdo”, afirmou.

O secretário de Transporte e Trânsito de São João da Barra, Mário Rocha Filho, disse que se essa situação acontece, é ainda “mais grave”. “Não há possibilidade de entrar de carro no Balneário. Os ambulantes que entram precisam estar cadastrados. No entorno isso até pode acontecer, mas dentro do Balneário, não”, disse. Rochinha informou ainda que já entrou em contato com a PM e a Civil para intensificar a atuação no entorno do local de shows.

Outro turista, que prefere não ser identificado, afirmou que a cobrança acontecia na área destinada a competição de moto cross. “Eles estavam de colete, cobravam e ameaçavam que não quisesse pagar. Teve gente que chamou a polícia, mas foi informado que seria atribução da Guarda Municipal”, disse.

Mais polêmicas — No Carnaval de 2014, a cobrança de estacionamento nas vias públicas gerou polêmica no município. A prática é ilegal, mas comum nos grandes eventos. O Instituto Ideha, que teria ficado com a arrecadação do estacionamento, afirmou à época que o prefeito Neco teria autorizado a cobrança. Já o secretário de Transporte e Trânsito, Mário Rocha Filho, garantiu que não houve autorização. Na primeira noite de carnaval, chegou a ser anunciado que a arrecadação do estacionamento seria destinada ao Retiro São João Batista. A afirmação causou revolta no presidente da instituição, José Martinho Senna.

De acordo com Rochinha, no período de Carnaval, vários “flanelinhas” foram presos em SJB.

Com grande repercussão após divulgação de matéria pela InterTv (aqui), o caso caiu no esquecimento e ninguém sabe qual foi o destino e o valor arrecado durante a folia sanjoanense.

Atualização: O secretário de Transporte entrou em contato com o blog e solicitou a inclusão de sua fala quanto à “impossibilidade de entrar com carro na área do Balneário em dias de shows”, o que foi feito.  A declaração substituída foi: “Vou comunicar ao secretário de Meio Ambiente. Dentro do Balneário cabe ao comandante da Guarda Municipal fiscalizar”.

Neco destaca trabalho da PM no verão sanjoanense

Reprodução_Facebook/Paulo Pinheiro

Reprodução_Facebook/Paulo Pinheiro

O prefeito de São João da Barra, Neco, usou seu perfil na rede social Facebook nesta sexta-feira (9) para parabenizar o trabalho da Polícia Militar no verão de São João da Barra. O litoral sanjoanense não registrou nenhuma ocorrência grave neste início de ano, como este blog destacou aqui, diferente do que aconteceu no ano passado. Neco salienta que “quando trabalhamos em conjunto e com planejamento, a tendência é que o nosso objetivo dê certo. Fizemos várias reuniões com representantes da Polícia Militar para garantir ao povo de São João da Barra e aos milhares de turistas que nos visitam um nível alto de segurança neste verão 2015”.

De acordo com o prefeito, a PM tem disponibilizado um contingente maior durante os eventos no município. “Nestes eventos públicos que aglomeram muita gente, algo praticamente incontrolável, felizmente até agora não tivemos incidentes”, observou.

Neco encerra a postagem reforçando o agradecimento à Polícia Militar neste que, segundo ele, “é um dos maiores verões de todos os tempos”.

Programação do fim de semana — Por falar em verão no litoral sanjoanense, as atrações nacionais e regionais deste fim de semana têm início nesta sexta (9). Confira:

Sexta-feira (09/01)

Atafona: 21h – Praça do Meireles – DJ PH; 21h – Novo Balneário – Banda Mais 4; 22h – Novo Balneário – Bruna Karla.

Grussaí: 20h – Outro Lado da lagoa – Banda Forró Muleke.

Sede: 20h – Calçadão – Projeto “Nossa terra, nossa gente”- Rita Pirralho;  22h – Orla do Paraíba do Sul – Projeto “Orla de ritmos”- Banda Via Aérea.

Sábado (10/01)

Atafona: 21h – Praça do Meireles – DJ Mania;

Grussaí: 17h – Orla da praia – Banda Atrassamba; 19h – Orla – Cesar Menotti e Fabiano.

Açu: 20h – Orla da praia – Zé Carlos e Rogério; 22h – Teodoro e Sampaio.

Sede: 22h- Calçadão- Projeto “Caindo na Folia”- Bandinha Pica Pau.

Domingo (11/01)

Atafona:  18h – Novo Balneário -Jorge Vercilo; 19h – Novo Balneário – Banda TB-6.

Grussaí: 16h30 – Orla da praia- Banda Cheiro de Mel.

Açu: 16h30 – Orla da praia- Banda Vem Pra Cá.

 

 

 

Sede: 20h – Praça São João Batista – Projeto “Coreto Musical”- Edmar ferreira e Banda.

SJB: Água, energia, celular… e agora postes que causam transtornos

FUSÍVEL QUE DESPENCOU DO POSTE

Fusível despencou do poste

FIO CAÍDO NA RUA

Fio continua no chão

Já não bastassem os inúmeros transtornos causados pela falta de água, sinal de telefonia móvel e energia elétrica neste início de 2015, que tem deixado vias públicas do município às escuras, o leitor Sávio Gomes enviou fotos do poste nº 32311 na Rua Projeta F, em Atafona, que é “famoso” por causar transtornos há muito tempo. De acordo com Sávio, o caso fica apenas no transtorno por sorte, pois já poderia ter causado problemas maiores.

A reclamação já chegou à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). De acordo com Sávio, o transformador produz um barulho “assustador”, além de “centelhamento nos isoladores, e uma energia de má qualidade, que é vacilante o tempo inteiro”.  “Já reclamei com a ANEEL, deram uma ‘garibada’, mas o transformador voltou a ter os mesmos problemas”, afirmou.

POSTE FASE C EM CHAMAS

O poste dos problemas com “centelhamento nos isoladores”

Sávio relata os problemas causados pelo poste e constata que chega a ter risco de vida para os moradores da região. “Observe o fio caído na rua, bem ao lado da calçada. A sorte que o referido fio se soltou após o transformador, senão, teria causado estragos de proporções imprevisíveis. Numa das fotos, a peça que desprendeu do poste, tem cerca de 25 cm e é pesada. Se caísse em alguém, poderia ser fatal”.

O começo de ano não está sendo fácil para sanjoanenses e veranistas. Embora quase tudo caia na conta do prefeito, não é ele o responsável por todo esse caos. Na maioria das vezes tem uma concessionária no meio do caminho. Cabe à população também fiscalizar e denunciar os problemas.

Problemas com energia deixa população sem água em SJB

aerea_de_SJBÉ um problema que traz outro no início deste ano em São João da Barra. Falta energia elétrica, sinal de telefonia móvel e água para população e veranistas do litoral sanjoanense. O número de turistas para o início do ano parece o maior dos últimos tempos, mas os problemas também. Falta de tudo neste comecinho de 2015 — à exceção, graças a Deus, é na questão da segurança, sem nenhum crime grave registrado na estação mais quente do ano. No sábado (3), enquanto parte das residências tinha a energia elétrica restabelecida, postes de iluminação pública de todos os seis distritos sanjoanense estavam apagados, não em todas, mas na maioria das ruas: um grande risco.

Neste domingo, segundo o jornal Quotidiano e o site Parahybano (aqui e aqui), a falta de energia foi a responsável pela falta de água em São João da Barra neste domingo (4). Os piques de energia que ocorrem desde a última sexta-feira (2) teriam causado problemas nas bombas de captação da água. A expectativa é que o restabelecimento do serviço só aconteça nesta segunda-feira (5).

Prejuízo: A falta de água e energia elétrica é tamanha que, pela primeira vez, todas as fábricas de gelo da localidade da Baixada, próximo ao Pontal de Atafona, tiveram que fechar mais cedo sem o produto para venda. Além do prejuízo para os proprietários dos frigoríficos, alguns com equipamentos comprometidos pelos piques de energia, ambulantes e comerciantes também amargam baixas. Com o mau funcionamento da energia, muitos apostam no gelo para manter seus produtos resfriados. Mas sem e sem energia, não tem como fabricar gelo…

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados