Categorias

Tarde de Roça na Pelinca

 Tarde de roça na Pelinca, a principal avenida de Campos

Tarde-de-roca

“A mudança somos nós” (Rosinha) …. que se mude logo…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

A pescaria da Polícia Federal continua…

Durante o dia de hoje a Polícia Federal circulou com força no Parque Tamandaré… a pescaria ainda não acabou…
Nas fotos, nas portas dos edifícios Varandas do Tamandaré e Unique…

592-pf-3 592-pf-1 592-pf-2

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Médico de Garotinho é um artista

592-medico

O Dr. Marcial Raul Navarrete Uribe, o médico que acompanhou Rosinha ao Complexo Penitenciário de Bangu, e que também se fez advogado afirmando que era “direito do Garotinho” ficar no hospital, como está na decisão do Juiz, que achou o palpite sui generis, também é cardiologista, endocrinologista, clínico geral e pneumologista. Pelo jeito, é tudo… E parece também ser um artista.

592-decisao-1

592-medico-monta

Veja abaixo alguns dos problemas em que ele já se meteu:

PORTARIA Nº 264, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso da competência que lhe foi delegada pelo art. 1o, inciso I, do Decreto no 3.035, de 27 de abril de 1999, de acordo com o art. 132, inciso XII, da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e tendo em vista o que consta no Processo no 33383.076198/1990-89, resolve: Demitir MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE, ocupante do cargo de Médico, matrícula no SIAPE no 0643682, no Quadro de Pessoal do Ministério da Saúde por acumulação ilícita de cargos públicos.

MARCELO CASTRO

PORTARIA Nº 265, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso da competência que lhe foi delegada pelo art. 1º, inciso I, do Decreto no 3.035, de 27 de abril de 1999, de acordo com o art. 132, inciso XII, e 134, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e tendo em vista o que consta no Processo nº 33383.076198/1990-89, resolve: Cassar a Aposentadoria de MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE, aposentado do cargo de Médico, matrícula no SIAPE no 6643682, no Quadro de Pessoal do Ministério da Saúde, por acumulação ilícita de cargos públicos.

MARCELO CASTRO

Ele também foi excluído no governo Dilma por improbidade administrativa, e agora parece que está tentando voltar (pelo poder político). Ele é servidor do Estado e também tem várias ações judiciais no Rio. É realmente um cara problemático. Considerando a entrevista dada pelo médico em frente a Bangu no meio da madrugada. Por que será?

APELAÇÃO CIVEL : AC 200951010127400 RJ 2009.51.01.012740-0

VIGÉSIMA SEGUNDA VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (200951010127400)

RELATÓRIO

Trata-se de apelação interposta por MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE contra a sentença de fls. 86/89, que denegou a segurança requerida no presente mandamus, em que o impetrante objetiva ordem no sentido de que a autoridade coatora se abstenha de exigir-lhe a opção por um dos dois cargos de médico que ocupa junto ao Ministério da Saúde ou pela renúncia aos proventos de aposentadoria que percebe como médico do Estado do Rio de Janeiro.

O MM Juiz a quo denegou a segurança ao fundamento de ser impossível a acumulação de três vínculos públicos…

Assinale-se, por outro lado, que, como bem ressaltou o Ilustre representante do MPF (fl. 123), o cargo de médico que o apelante detém junto ao Hospital da Piedade, antigo Hospital Universitário Gama Filho, encampado pelo extinto INAMPS em 1991, não foi conquistado mediante concurso público de provas e títulos, ou na forma do art. 19 do ADCT da CF/88, razão pela qual não haveria que se falar em aplicação da regra excepcional do art. 11 da EC 20/98.  

Portanto, ele não é servidor municipal do Rio (pois suas acumulações já estão descritas aí em cima), não trabalhando no Souza Aguiar.

Note-se que o cargo que ocupava como médico do Estado do Rio de Janeiro foi SEM concurso público, por indicação política.

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Premonição & Informação

Na minha coluna de terça na Folha da Manhã sob o título “Verdade”:

“Com Beth Megafone trocando de instrumento e colocando a boca no trombone, a cuíca vai roncar”…

RONCOU…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Linda Mara e companheiras presas passeando em Copacabana, virão para presídio em Campos

Vai ver o sol nascer quadrado

Vai ver o sol nascer quadrado

 

 

 

Foragidas da Justiça desde a ultima semana, Linda Mara Silva, Beth Megafone, Ana Alice e seu marido, conhecido como Luiz Careca, foram presas agora pela manhã quando passeavam pela badalada Avenida Barata Ribeiro, em Copacabana, e levadas para a Superintendência da Polícia Federal no Rio, na Praça Mauá.

ATUALIZAÇÃO:

Segundo o delegado da Polícia Federal Paulo Cassiano as três foragidas capturadas no Hotel Augustus, no Rio, após passeio por Copacabana, a vereadora e ex-secretária particular de Rosinha Linda Mara, sua cabo eleitoral Beth Megafone, a secretária Municipal de Desenvolvimento Humano e Social, Ana Alice Alvarenga Ribeiro Lopes, e seu Luís Careca, serão transferidos para Campos e distribuídos pelos presídios Carlos Tinoco (feminino) e Casa de Custódia Dalton Castro (masculino). Os presos responderão por suspeita de envolvimento na utilização de Cheque Cidadão em compra de votos.

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

No berço da filha

Fotomontagem/Somos

Fotomontagem/Somos

No berço da filha
Comenta-se que por não gozar de foro privilegiado, que é quase uma imunidade, que Garotinho, em Brasília, dormiu na relativa segurança do gabinete da filha deputada, por medo de ser acordado pela Polícia Federal em algum hotel. Seguro morreu de velho, vai que tenha o mesmo destino que alguns vereadores…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Cavalheiro Municipal

Guarda de Campos

 

 

Ontem à tarde, o blog presenciou um belo gesto de um Guarda Municipal (de meia idade) atuando na movimentada travessia em frente ao Campos Shopping. Ao ver uma idosa querendo atravessar, ele, além de parar o trânsito, lhe deu cavalheirescamente o braço e a acompanhou durante toda a travessia das duas pistas. Um belo exemplo. Parabéns!

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Linda Mara vista no Rio

Linda-PF-XNa terça-feira, enquanto a Polícia Federal a procurava em Campos, a vereadora Linda Mara foi vista em companhia do advogado, e candidato a vereador não eleito, Thiago Godoy, por volta das 14h, na Rua da Assembléia, no Rio. Por uma daquelas incríveis coincidências, é a mesma rua onde a deputada Clarissa Garotinho mantém escritório, no nº 10. Só por curiosidade, residência de parlamentar federal, no caso de Clarissa no Alto Leblon, é inviolável. Só se entra com determinação do STF, isso, apenas quando a diligência policial tem como alvo o membro do parlamento. Mas, deve ser apenas outra coincidência…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Nelson Nahim consegue Habeas Corpus no STF

Nelson-1

Condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por envolvimento no rumoroso caso “Meninas de Guarus”, que condenou mais 13 pessoas, o ex-deputado Nelson Nahim conseguiu, através de liminar, um Habeas Corpus julgado procedente pelo ministro Ricardo Lewandoswski (STF), por extensão do benefício já concedido ao empresário Jayme Siqueira. Para ficar em liberdade até o julgamento do mérito, o ex-deputado Nelson Nahim aguarda apenas que o alvará seja cumprido. O mesmo benefício deverá ser concedido aos demais implicados em crimes menos graves.

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Rosinha cassada pelo TRE

Rosinha acaba de ser cassada pelo TRE por 4 votos a 3

Rosinha acaba de ser cassada pelo TRE por 4 votos a 3

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter
Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados