Categorias

A estabacada de Linda Mara em vídeo

Confira a estabacada de Linda Mara no Plenário da Câmara Municipal de Campos.

O que faz um salto alto…

Clique na foto para assistir ao vídeo

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Estabacou-se

Na última terça-feira, uma roliça e deslumbrada vereadora estabacou-se no chão do plenário antes do discurso, numa cena que, de linda, não teve nada. Ou tudo… Fingindo que não perdeu o rebolado, ao levantar-se ela disparou: “Caí, mas foi sem querer. Meu sapato é chic. Eu não compro em dez vezes não…”. Como disse Cláudio Andrade “há quedas e Quedas”. Essa aí, não foi nada…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Alagamentos em Campos. Prejuízos x Providências. Antes tarde do que nunca

Depois de mais uma noite embaixo d'água comerciantes da Pelinca viram alguma reação do governo municipal

Após incalculáveis prejuízos ao comércio, e incômodos e prejuízos à população de Campos com lojas, carros e casas invadidas pelas águas, transtornos no trajeto entre a casa e o trabalho, finalmente uma reação do poder público.

Mas o antigo adágio de se colocar cadeado depois da porta arrombada cai como uma luva para as providências tomadas pela prefeitura só após três seguidos grandes alagamentos provocados pelas fortes chuvas que têm atingido a cidade.

Antigos moradores dizem nunca ter visto uma limpeza das bocas de lobo

Apenas nessa sexta-feira, equipes da empreiteira Hidrolumen foram acionadas para limpeza emergencial em bueiros e bocas de lobo.

A equipe do blog acompanhou de perto os trabalhos na área da nobre Pelinca, onde os prejuízos se avolumaram com estabelecimentos comerciais como farmácias, restaurantes e outros sendo invadidos pelas águas e outros impedidos de funcionar simplesmente pela impossibilidade de trânsito de clientes e funcionários.

Moradores de ruas das imediações da Pelinca foram surpreendidos pelos trabalhos, já que os residentes mais antigos afirmam que esse tipo de limpeza de bocas de lobo nunca antes havia sido realizado nas ruas transversais e paralelas à Pelinca.

Apesar da grande revolta com os prejuízos, eles torcem que essas providências pelo menos atenuem os efeitos das chuvas.

O que se viu entupindo as bocas de lobo foi lama negra

Antes que a sujeira nos bueiros e bocas de lobo sejam creditadas unicamente à população, nossa equipe constatou e fotografou (confira) os trabalhos, onde o material mais retirado foi lama negra das caixas de passagem. O que mostra que a falta de manutenção e de obras são as maiores culpadas pelos grandes transtornos causados.

Mas, apesar de tudo, como diz outro velho adágio:

“Antes tarde do que nunca”…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Legal mesmo é trabalhar

Ilegal

Esse negócio de flanelinha extorquindo proprietários de veículos é totalmente ilegal. Legal mesmo é trabalhar. E há vagas sobrando…

Ilegal II

Sei que a sugestão é ingênua. Trabalhar cansa, traz responsabilidades etc… “Tomar” conta de carros (contra eles mesmos) é a maior moleza. Não precisa fazer nada além de falar grosso e estender a mão. Isso só vai acabar quando as autoridades fizerem o que devem fazer: coibir o abuso e enquadrar quem infringe a lei.

 

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

O fim da linha

Se a primeira impressão é a que fica, o terminal rodoviário do Shopping Estrada deixa Campos mal na fita. Não está a altura da cidade. Aliás, está muito mais embaixo. No buraco mesmo…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Extorsão na Pelinca

O preço da extorsão para estacionar carros nas vagas públicas na noite da Pelinca foi majorado pelos “flanelinhas”. Os “cinco real”, agora são “dez real”. E pagos adiantados. Coitado do carro de quem não pagar…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Confeitaria D.Rosinha

Rosinha está se especializando em dar bolos. Além do bolo gigante com 179 metros no paquidérmico Cepop, por conta do aniversário da cidade, ela anda dando bolo na população nas providências contra os alagamentos que vem atormentando e dando prejuízos aos campistas. Todos os bairros e ruas centrais sofreram graves consequências com as chuvas torrenciais, mas chega às raias do absurdo ver a emblemática Pelinca e seu entorno, a área mais nobre de Campos, e de IPTU mais caro, totalmente alagada, com as pessoas tirando os sapatos para sair dos shoppings, carros enguiçados, bares e lojas tomadas pela água suja. Isso, depois de um verão de vacas magras para o comércio que, agora, luta pela recuperação. Esse bolo deixou um gosto amargo na boca e os pés encharcados…

Ironia

Depois de tanta seca, São Pedro mandou a chuva fertilizadora, mas, que pena, Campos não estava preparada para recebê-la…

Alerta online de cheias

Rio das Ostras implantou um sistema de alerta de cheias que permite à população obter informações on-line sobre nível de água e chuvas, Duas estações telemétricas foram instaladas, uma no rio Jundiá e outra no rio Iriry. Elas fazem parte de um projeto de macrodrenagem para conhecimento real das condições dos recursos hídricos, orçado em R$ 1,1 milhão. Menos do que se pagou aqui por efêmeros shows de verão…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Inconfessável

Existe uma grande curiosidade do público em saber qual o verdadeiro motivo do racha entre os antigos aliados Carla Machado e Neco. Mas nenhum dos dois esclarece o mistério, ou a razão dele…

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Reconstruindo o sonho

As obras da nova Femac estão indo de vento em popa. Toda a família Chagas está focada nos trabalhos de reconstrução. Apesar da gentileza e do belo gesto de amizade da família Jacyntho, cedendo a Casa Rosada após o incêndio, o sonho dos Chagas e voltar o mais rápido possível para a sua casa.

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

A matemática da Fenorte

Comentário do Leitor

Caro Esdras, gostaria de apresentar aqui a matemática simples do desperdício de dinheiro público que a Fenorte vem promovendo nos últimos anos. São 100 funcionários, sendo 25 cedidos, então sobraram 75. Hoje a instituição “funciona” com 75 funcionários concursados e com 40 cargos de confiança. Tem alguma coisa errada nesta relação de 75 funcionários para 40 cargos. Gostaria de ressaltar o fato de que não existem funcionários concursados trabalhando nas “ações/projetos” que a instituição divulga. Caro contribuinte, você que paga impostos no Estado do Rio de Janeiro, faça seu comentário e divulgue a nossa causa. Estamos em greve porque “queremos trabalhar, queremos ir para a Uenf, chega de desperdício”. Há quem diga nos corredores da instituição que o nosso “desgovernador” deveria alterar o nome da instituição para Femorte.

 

Compartilhe
  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter
Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados