Categorias

Auschwitz, 70 anos da libertação: Uma crônica sobre a essência do mal

O amanhã nunca foi tão distante. As memórias, tão essenciais. Sonhar, por aqui, é quase tão raro quanto o sono. Dormir seria bom, mas a trilha sonora composta por choros, gemidos e brados alucinantes torna a tarefa quase impossível. Pois o pesadelo se desenha com os olhos abertos, em tempo real. Quem me dera poder deixa-los fechados. Antônimo mesmo é a fome, que não desiste de insistir, confundindo o sentir. Dor, já não sinto mais, pois desconheço sua ausência e não há com que comparar. Saudade, o que é saudade? Uma palavra carnívora que consome o meu âmago. Não ouso dizê-la…
Olfato nulo, só sentimos cheiro de carne, seja podre ou queimada. Hoje sei, o mal existe e independe de figuras míticas, ele é exalado por nós mesmos a nós mesmos. A esperança já viveu aqui, mas já não a encontramos com tanta frequência, raramente brilha em algum olhar. Mas o amanhã, embora distante, continua sendo o dia que esperamos, continua sendo nossa utopia. A razão para perseverar no viver.

O mal existe e advém do que há de mais belo e podre no mundo: nós mesmos, seres humanos.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Antes tarde do que nunca: Garotinho recria seu “personagem”


Quem acompanha o ex-governador Anthony Garotinho tem notado uma certa discrepância em seus trejeitos mais marcantes. Conhecido por ser um algoz furioso aos seus adversários e um mestre da ilusão ao esconder críticas de “seus” governos, fazendo do inferno paraíso, ele coloca um novo projeto em prática. Garotinho começa a se recriar, e o franco atirador ensandecido dá lugar ao cônscio profissional da comunicação, que leva as recomendações populares ao governo. O ex-deputado é o novo camisa 10 da prefeita Rosinha, fazendo meio de campo entre população e Executivo.

Garotinho percebeu o óbvio, o tempo venceu o seu personagem. Mesmo que tarde, esta percepção ainda pode lhe pode permitir certas proezas, já que conta com um arsenal em estrutura obtido por poucos e sonhado por muitos. Isso, é claro, se o fraco governo de sua esposa, a prefeita Rosinha, conseguir sair do buraco.

Agora resta ao Garotinho perceber outras pedras há tempos cantadas, como a sua própria recriação.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Rosinha Maquiavel: Todo mal de uma só vez…


Dando prosseguimento ao legado de seu marido, a prefeita Rosinha Garotinho mantém viva suas táticas maledicentes, usando as pessoas e depois as descartando. Cerca de 80% dos terceirizados serão demitidos, ou seja, quase 4 mil desempregados, meros peões.

Resta saber quem vai realizar os serviços básicos, de varrição, limpeza e etc… Serão os DAS 7? Difícil, hein.

O “conforto” de alguns é que no próximo ano haverá eleição e muitos serão recontratados. O ciclo segue sem alterações e Maquiavel continua influenciando movimentos rosáceos. Realizando o mal todo de uma vez para depois, aos poucos, ir fazendo o “bem”.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Oposição ganha “reforço”?

Boatos fortíssimos dão conta de que um dos vereadores rosáceos estaria com um pé na oposição. Caso a informação seja verdadeira, o número de oposicionistas na Casa Legislativa campista aumentaria de 5 para 6, nada tão relevante, mas que causa certa curiosidade. Quem seria o tal “peitudo”?

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Santa Casa: Enquanto Campos lava as mãos, municípios vizinhos as estendem

NOTA OFICIAL

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, pelo Promotor de Justiça Leandro Manhães de Lima Barreto, vem apresentar as seguintes informações.

Apesar de a Prefeitura de Campos entender que não tem responsabilidade com os problemas da Santa Casa, em razão de ser uma instituição privada e beneficente, as Prefeituras de São João da Barra, São Francisco de Itabapoana e de São Fidélis sinalizaram positivamente com o Promotor Leandro Manhães, no sentido de contratualizar com a Santa Casa e também de socorrê-la financeiramente, a fim de garantir os salários dos funcionários e o pagamento das demais dívidas, a fim de evitar seu fechamento, reconhecendo a relevância da Santa Casa para a saúde dos cidadãos da região.

Na tarde de hoje, domingo, o Promotor Leandro Manhães recebeu telefonema do novo Secretário Estadual de Saúde, Felipe Peixoto, que toma posse amanhã, segunda-feira, garantindo que o Estado do Rio de Janeiro, pelo Governador Pezão, vai contribuir também para a solução da questão e que não vai deixar a Santa Casa fechar as portas.

Campos dos Goytacazes, 04/01/2015.

Leandro Manhães
Promotor de Justiça

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Ano novo, vida nova!

E o ano se foi…

Muita coisa mudou. Então chega o momento da reflexão, autocrítica. O que devemos levar para 2015 e o que deve ficar para trás apenas como aprendizado ou lembrança, os erros e acertos que nos permitem evoluir como seres humanos. As lágrimas derramadas não rolam rosto acima, então só nos resta não desperdiça-las, transformando-as em sorrisos. Que em 2015 possamos ser melhores que fomos e somos.

Feliz ano novo!

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Diário? Garotinho estreia na Educativa


Nesta próxima segunda feira o deputado Anthony Garotinho voltará aos microfones da rádio. Porém, estão enganados aqueles que o imaginam na fiel rosácea rádio Diário. Garotinho estreará na Educativa. Ao que parece, a mudança de ares não é a única novidade. O deputado deve vir com uma nova roupagem, adotando um estilo mais paz e amor. Resta saber se Garotinho aguentará manter sua metralhadora giratória guardada por muito tempo.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Vereador “queimado”

A eleição municipal só ocorre em 2016, mas já tem vereador governista sendo malhado pelos seus asseclas. O papo que corre é pesado. Muitos vêm apostando na não reeleição do sujeito. Parece que o parlamentar não vem cumprindo os seus acordos. “Ele não é um homem de palavra”, disse um dos ex-aliados.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

Nota oficial do MP revela dívidas da Santa Casa de Misericórdia

NOTA OFICIAL

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, pelo Promotor de Justiça Leandro Manhães de Lima Barreto vem apresentar as informações obtidas com após 5 dias de análise parcial dos documentos obtidos com a intervenção na Santa Casa de Campos.

A Santa Casa atualmente possui as seguintes dívidas tributárias, sem prejuízo de outras ainda não identificadas:

– CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, desde junho de 2013, no valor de R$ 47.491,57. Com os juros e multa incidentes, totalizam R$ 58.925,24;

– INSS, desde junho de 2014, no valor de R$ 1.027.288,25. Com juros e multa, totalizam R$ 1.194.361,02;

– FGTS, desde agosto de 2014, no valor de R$ 524.156,39. Com juros e multa, totalizam R$ 570.139,66;

– IMPOSTO DE RENDA, desde fevereiro de 2014, no valor de R$ 779.887,87. Com juros e multa, totalizam R$ 937.996,77;

– PIS, desde janeiro de 2014, no valor de R$ 144.001,04. Com juros e multa totalizam R$ 174.708,22.

Somados, os valores totalizam R$ 2.936.130,91.

Sem a quitação das dívidas fiscais, a Santa Casa não conseguirá renovar em janeiro de 2015 a Certidão Negativa de Débitos, sem a qual não pode receber repasses de verbas públicas.

Vale registro que a Santa Casa tem cerca de 95% de seu atendimento pelo SUS. Sem a quitação dos tributos, não receberá verba alguma do SUS e terá que fechar as portas.

A Santa Casa está devendo os salários dos funcionários referente a:

– novembro de 2014, no valor de R$ 1.604.845,39;

– dezembro de 2014, no valor de R$ 2.023.809,21;

– 2ª parcela do 13º salário, no valor de R$ 465.000,00.

Isso dá um total de R$ 4.093.654,60.

As dívidas com médicos e empresas médicas giram em torno de R$ 2.100.000,00.

A Santa Casa tomou empréstimos bancários com a UNICRED e com a Caixa Econômica Federal, dando em garantia receitas futuras do SUS, da ordem de 10 milhões de reais, já havendo parcelas com vencimento até 2021.

Um dos contratos estabelece que a Santa Casa deve manter em garantia, permanentemente, um saldo de R$ 450.000,00 na conta corrente, valor este que fica retido e vem fazendo muita falta para o pagamento das dívidas, principalmente com fornecedores, o que gerou a suspensão do fornecimento de materiais e medicamentos, com comprometimento da saúde dos pacientes internados.

Tais dívidas já comprometem as futuras gestões da instituição.

As dívidas com fornecedores giram em torno de 8 milhões de reais, podendo chegar a valores maiores.

A Santa Casa possui dívidas de R$ 3.178.369,42 com a Prefeitura de São João da Barra, por irregularidades na prestação de contas do convênio. Vale registro que o provedor afastado celebrou contrato com sua sobrinha, a ex-Prefeita de São João da Barra Carla Machado, em relação ao qual destinou verbas para fins diversos do contratado, o que fez com que o atual Prefeito suspendesse os pagamentos.

O contrato previa que o dinheiro era adiantado e que a Santa Casa tinha que prestar contas, mês a mês, até 45 dias após receber o dinheiro.

No relatório da Auditoria da Prefeitura, foi constatado o desvio de finalidade, estando listado que:

– não houve entrega da prestação de contas final do convênio;

– várias notas fiscais apresentadas não guardavam relação com o objeto do convênio, como pagamentos à UNIMED, CLIMED, Prefeitura de Campos, Prefeitura de Carapebus, serviços do Hotel Gaspar, pagamento de seguros, pagamento de taxas de Conselhos e Confederações, dentre outros.

Foi encontrado ainda um documento comprovando que a Santa Casa recebeu em 05/11/2014, 36 STENTS com validade vencida, estando alguns vencidos desde julho de 2012, que foram colocados no almoxarifado para utilização nos pacientes.

Há fundadas suspeitas de que alguns chegaram a ser utilizados em pacientes, o que ainda está sendo investigado.
Foi constatado também que o provedor afastado contratou em 12/9/2014, a empresa CATE – Centro Avançado de Tratamento Endovascular – para prestar serviços de hemodinâmica.

Sete dias depois, no dia 19/9/2014, o provedor afastado emitiu um comunicado, determinando o desmembramento do setor de compras e autorizando a empresa CATE a fazer compras para o setor de hemodinâmica.

O Sócio da empresa CATE, o médico Marcelo Bastos Brito, nomeou como seu preposto o Sr. Anderson Coelho Silva.

O Sr. Anderson passou a fazer compras para o setor de hemodinâmica, em nome da Santa Casa.

No dia 02/10/2014, o Sr. Anderson comprou uma Bomba Injetora de Contraste usada, como se fosse nova, por R$ 31.500,00, mesmo já havendo outra bomba semelhante na unidade, cujo pagamento foi feito à vista, mesmo diante das dificuldades financeiras da Santa Casa.

A empresa que vendeu a bomba injetora foi a MEDICAL TECH COMERCÍO DE MATERIAIS MÉDICO HOSPITALAR LTDA. situada em Itaperuna, cujo sócio é o mesmo Sr. Anderson, nomeado preposto pelo sócio da empresa CATE.

Na nota fiscal emitida pela empresa MEDICAL TECH, consta um número de telefone, para o qual foi discado mas o atendente informou que lá não funciona nenhuma empresa.

Foi também diagnosticado que a Funerária da Santa Casa, situada em frente ao Cemitério do Caju, não prestava contas ao Provedor afastado de suas receitas e despesas. Há indícios de que o lucro mensal gira em torno de R$ 25.000,00, que não são destinados à Santa Casa.

Há indícios também de que pessoas atendidas pelo SUS continuam a ser cobradas por consultas que deveriam ser gratuitas e que as receitas auferidas pelas consultas sociais são desviadas antes de chegarem até a Tesouraria.

Em relação à eleição para a Diretoria realizada às pressas no dia 10/12/2014, constatou-se que alguns membros do Definitório foram convocados na véspera, por telefone, sem tempo hábil para montarem uma chapa; outros sequer foram convocados, por falta de autorização do provedor afastado e alguns outros não foram localizados para ciência, mas mesmo assim ocorreu a reunião para eleição.

Vale registro que antes da reunião, alguns membros do Definitório já haviam manifestado seu desligamento do órgão, mas mesmo assim, não foram substituídos e a eleição ocorreu irregularmente.

Esses os esclarecimentos necessários à comunidade, após os primeiros 5 dias de trabalho da equipe de intervenção.

Campos dos Goytacazes, 26/12/2014.

Leandro Manhães
Promotor de Justiça

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter

IMBEG recebe mais de 1.3 milhão e indigna demais empreiteiras

É motivo de indignação entre os fornecedores e empreiteiras que trabalham para a Prefeitura de Campos a liberação, no último dia 09/12, da R$ 1,3 milhão para a empresa Imbeg Engenharia Ltda pela obra (que não acaba nunca) da duplicação da RJ-216, entre o Beco e Goitacazes.
Quem acompanha a liberação de pagamentos pelo Portal da Transparência sabe que, nos últimos 30 dias os pagamentos estão saindo a conta gotas.
As empresas fornecedoras de mão-de-obra para a PMCG, por exemplo, estão demitindo pessoal por atraso de pagamento.

Veja abaixo a liberação do pagamento da Imbeg:

Do blog Eu penso o que...

Do blog Eu penso o que…

09/12/2014
20140040072406
2014OB22889
IMBEG – IMBE ENGENHARIA LTDA
NF 312,P.20,OBRA DUPLICACAO DA PISTA 1.345.783,59
(Fonte: (Portal da Transparência/PMCG)

Do blog “Eu penso que…”

Atualização às 15:15

O Blog do Bastos, aqui, também noticiou.

  • Add to favorites
  • del.icio.us
  • Digg
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Print
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • Twitter
Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados