Arquivos

Ouro, prata e bronze

A Subway de Campos conseguiu colocar todas as suas lojas bem avaliadas no ranking mundial da franquia em janeiro. A unidade do Boulevard Shopping ganhou 100 pontos, o máximo possível, e conquistou a medalha de ouro, sendo a única loja do interior a atingir a pontuação máxima. A loja da Pelinca ficou com a medalha de prata, enquanto a matriz, na rua Doutor Siqueira, com o bronze.

O ranking é gerado pela avaliação dos clientes no sistema da Subway, através do número do cupom fiscal, pontuando limpeza, atendimento, agilidade e qualidade do produto, abrindo possibilidade de comentários. No ranking do estado do Rio, todas aparecem bem colocadas, com a loja do Boulevard em 1º, da Pelinca em 11º e da Doutor Siqueira em 21º.

O Grupo 3J, comandado por Juca Pinto e seu filho José Carlos Maciel (Juquinha), ainda é dono da Subway de Itaperuna e está montando uma unidade no Centro, no Central Plaza Shopping, anunciada aqui. Eles também são proprietários na cidade e na região das marcas Freddo, MegaMatte e Selleti.

Enquanto isto, em São João da Barra…

Inaugurado o Burger King

Foi inaugurada hoje a primeira loja do Burger King em Campos, na praça de alimentação do Shopping Avenida 28. Está prevista para o final do mês a abertura da segunda loja na cidade, no Boulevard Shopping. A rede, também conhecida no mercado como BK, trabalha com lojas próprias.

O Burger King pertence hoje a 3G Capital, que a comprou em 2010. A 3G é de propriedade do trio brasileiro de sócios formado por Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do país, Marcel Herrmann Telles (4º) e Carlos Alberto Sicupira (8º)

A vinda do Burger King para Campos foi noticiada em primeira mão aqui, no início do ano passado.

Incompetência reincidente

Mal acabou de ser liberado, o sistema de emissão de 2ª via do IPTU da Prefeitura de Campos pela Internet já está apresentando problemas. O jornalista Ricardo André publicou uma nota aqui, no blog Eu Penso Que… acusando falhas no cadastro dos imóveis. No ano passado, o sistema apresentou inúmeros problemas, tendo sido motivo de nota aqui no blog.

Na ocasião, a Secretaria de Finanças, ao invés de assumir o erro e repara-lo, vendeu uma história fantasiosa de falsificação para o seu líder político, que comprou a idéia, passando a atacar o blog e responde hoje a processo em juízo por isto. Logo depois, a emissão de 2ª via do IPTU pela Internet saiu misteriosamente do ar e não voltou mais.

O resultado é que eles não consertaram o sistema, que em 2014 volta a ter denúncias comprovadas de falhas. Uma das características marcantes dos incompetentes é não reconhecer seus erros. Como no ano passado, vale o alerta: muito cuidado com a 2ª via do IPTU da Prefeitura de Campos. Até porque, como no caso de 2013, você pode acabar pagando o IPTU do vizinho.

Fim do esqueleto do Tamandaré

Chegou ao fim, com final feliz, a longa história do esqueleto de um prédio localizado na rua Almirante Greenhalgh, no Parque Tamandaré, em área nobre da cidade. A construtora Planiplan havia abandonado a obra no meio, há décadas, deixando os compradores dos apartamentos a verem navios, somente com o esqueleto de parte do edifício.

Alguns adquirentes se uniram e propuseram uma ação em 1999, pedindo indenização à construtora, que paralisou a obra por supostamente ter quebrado. Após longa batalha judicial e muitos anos, os autores conseguiram adjudicar o imóvel em seu favor. Na semana passada, eles venderam o imóvel, com direito a escritura passada em cartório.

O comprador é de Campos e fez um estudo minucioso antes de comprar o imóvel. Ele dará continuidade à construção do prédio. A causa foi ganha pelo escritório de Fernando Miller, que a assumiu em 2002. O resultado final foi bom para os compradores, para aquela região e para a cidade. Um raro caso de final feliz em situações como esta.

Atualização às 14h37 de 27/01/2014: Correção alertada por um leitor.

Má gestão

Parabéns ao governo Dilma Rousseff, pela queda de mais de 50% do preço das ações da Petrobras nos últimos 3 anos, período em que o país foi governado pela presidenta.

Grussaí ganhará novo condomínio

A praia de Grussaí, destino de verão de boa parte da classe média campista, ganhará um novo empreendimento residencial. O Condomínio Gravatás terá lotes de 480 a 600 metros, com ampla estrutura de lazer, incluindo fitness, piscina com raia de 18 metros, piscina infantil e salão de festas.

O Gravatás será localizado atrás do Grussaí Praia Clube, com acesso pela rua lateral do clube. A construção e incorporação será da Nogueira Aguiar Construções e Empreendimentos. A comercialização será da Ideal Negócios Imobiliários, com exclusividade. Nesta semana será aberto o stand de vendas na Avenida Liberdade, em frente à feirinha de Grussaí, para cadastro de interessados.

Cobra-se de tudo

A Secretaria de Finanças da Prefeitura de Campos está emitindo neste início de ano cobranças de taxa de publicidade para inúmeras empresas, tenham elas contribuído alguma vez ou não. A taxa de publicidade deve ser paga anualmente somente pela empresa que possui alguma publicidade exposta, como, por exemplo, um letreiro ou painel.

Com a competência que lhe é habitual, vide os problemas na 2ª via dos IPTUs no ano passado, a Secretaria de Finanças não se deu ao trabalho de aferir se a empresa tem publicidade exposta ou não. Parece simplesmente estar cuspindo cobranças a esmo. Se colar, colou.

Osklen ganha prêmio de vendas

A loja da Osklen de Campos, comandada pelo casal Rafael e Suelen Guimarães, conquistou um novo prêmio de desempenho, sendo o 1º lugar geral entre todos as franqueadas do Brasil no crescimento de vendas no 2º semestre de 2013. A loja, que fica no Shopping Avenida 28, bateu concorrentes das principais capitais e grandes templos de consumo.

Equipe da Osklen em Campos comemora o desempenho

Classificados

A NEP, dona do empreendimento Supreme em Campos, que conta com os hotéis Sleep Inn e Quality, da Atlântica Hotels, está em busca de compradores.

Os hotéis, localizados na Avenida do Contorno, tiveram sua venda iniciada em Campos em setembro de 2011. Sua comercialização foi um sucesso (relembre aqui).

Porém, o andamento das obras é lento e é quase impossível que o prazo contratual, de setembro de 2014, seja cumprido, nem usando os 180 dias de carência.

Como a jornalista Suzy Monteiro mencionou aqui no ano passado, no blog Na Curva do Rio, o diretor-presidente da NEP é Fernando Trabach Filho, filho do dono da GAP, que está em litígio com a Prefeitura de Campos, para quem prestava terceirização de serviços. A conferir.

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados