E ainda há quem bata palmas para a falência do Estado

Já me meti em muitas brigas com pessoas queridas — outras nem tanto — por defender os direitos humanos. Realizo o esforço sobre-humano e muitas vezes perco o controle e acabo me tornando aquilo que mais repugno: alguém que não consegue ouvir uma opinião contrária e respeitá-la. Mas confesso que além de desconfiar da falta de amor daqueles que afirmam que uma chacina deveria ocorrer por semana nos presídios brasileiros, também duvido da falta de inteligência. Afinal de contas, como são capazes de bater palmas para um fato que só aconteceu pela existência de um Estado fraco, falho e desonesto?

Não estamos discutindo se o dinheiro publico deve ou não ser gasto na manutenção de sistemas prisionais. Os sistemas prisionais existem. Já que eles existem e são tão caros, por que não funcionam?

Um preso custa em média no Brasil R$ 2400,00. Na penitenciária do Amazonas, com a terceirização de diversos serviços, inclusive de administração, ele custa mais de R$ 5.000,00. Como em um sistema tão caro, os índices de ressocialização são tão baixos?

Como que gastando tanto dinheiro, o Estado não consegue garantir nem que essas pessoas permaneçam vivas?

O Estado vive em estado de falência. Não oferece educação, saúde, emprego ou lazer. Não acreditamos em políticos, em juízes ou na polícia. E em uma situação dessas ainda há quem comemore o fato, vejam só, dele estar em ruínas.

13912735_1015852261865324_877214282751472862_n

André Dahmer

Outra pergunta: como daremos um passo adiante, se diante do fato de que quase 100 pessoas foram assassinadas, torturadas e  esquartejadas ainda estamos discutindo quem merece ou não ter os direitos garantidos?

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

4 comments to E ainda há quem bata palmas para a falência do Estado

  • Alex

    GAROTINHO, OBVIO, É QUEM ADORA !

    Porem quando é ele o governante (mesmo oculto como sempre faz) ai tudo muda, aparecem milhoes de mentiras rotineiramente pra dizer que é perseguição, que nao foi ele quem fez… E mais um milhao de mentiras…

    ELE NAO TA NEM AI PRA COISA PUBLICA OU PRALO POVO… QUER SABER DO SEU PODER E DE DINHEIRO ISSO SIM…

  • Ronald

    A falência do Estado Brasileiro começou com o fim do Império e o início da República! Leia o Best-Seller “Pare de Acreditar no Governo: Por que os brasileiros não confiam nos políticos e amam o Estado”, boa leitura…!

  • Eu quero saber como que um chefe família sobrevive com um salário de oitocentos reais,E um preso custa para o Estado cinco mil reais,

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

  

  

  

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados