Domingo é bola na rede (IX – Luiz Penido)

Penido, Garotão da Galera (foto: radioglobo.com.br)

Luiz Penido é desses narradores esportivos que dão às suas transmissões uma alegria e uma vibração que nos deixam a pensar que ele não tem os problemas cotidianos comuns aos simples mortais. Quem ouve a voz de Penido numa tarde de domingo no Maracanã quase acredita que a gasolina pra ele custa menos, que o semáforo não fica vermelho quando ele está atrasado, que a fila do caixa eletrônico é menor quando precisa de dinheiro. E ele não tem esses privilégios.

Na noite deste domingo, Penido narrou a estréia da Argentina e do Maracanã no Mundial 2014, com o time de Lionel Messi vencendo a Bósnia por 2 a 1. O segundo gol dos argentinos foi uma pintura, um rabisco em azul e branco feito por Messi sobre a principal tela verde do solo brasileiro. Digno de Maracanã, de Messi, da tradicionalíssima camisa argentina e da voz de Luiz Penido ao microfone da Rádio Globo (RJ).

Ao lado de Penido estava o campista Eraldo Leite, que, no comentário final, disse com sabedoria que os anjos da guarda dos marcadores de Messi não podem sequer piscar, quanto mais dormir.

História – Natural de Juiz de Fora (MG), Penido começou em 1969, na Rádio Globo, sob o comando de Waldir Amaral. Foi para a Rádio Tupi, em 1988, ficando até 1993. Depois de passagens pela Rádio Nacional e Rádio Tropical, além de uma experiência em TV, retornou para a Tupi em 1997. Em 2012, retorna para a Globo para ser o locutor principal do Rádio Globo Futebol Clube e a apresentação do Globo Esportivo. Penido narrou quatro mundiais de basquete e GPs de Fórmula 1, além das diversas Copas do Mundo.

CLIQUE AQUI (CHIRBIT) e ouça a narração de Luiz Penido dentro do comentário de Eraldo Leite.

Domingo é bola na rede (VIII – Waldir Amaral)

Waldir Amaral (foto: www.radioemrevista.com)

O goiano Waldir Amaral foi um dos mais criativos narradores de futebol do Brasil. Foi criador de bordões que marcaram época, como “indivíduo competente”, “o relógio marca”, e “tem peixe na rede”. Deu a Zico o apelido de “Galinho de Quintino”. Waldir iniciou sua carreira na rádio Clube de Goiânia. No Rio de Janeiro, passou pelas rádios Tupi, Mauá, Continental, Mayrink Veiga, Nacional e Globo.

Na postagem de Paulo Francisco no Youtube, que você pode conferir CLICANDO AQUI, Waldir narra um gol de Nilton Santos pela Seleção Brasileira, em 1964, no Maracanã. O repórter na transmissão é José Cabral.

Um gol sugestivo em véspera de Copa do Mundo.

 

Domingo é bola na rede (VII – João Canabrava)

João Canabrava (foto: portal R7)

Neste domingo (25/05), no programa “Enquanto a bola não rola” (Rádio Globo RJ), o campista Eraldo Leite teve como convidado o humorista Tom Cavalcante, que relembrou o surgimento do personagem João Canabrava com a narração de um gol fictício marcado pelo apresentador.

Depois de participar da Bienal do Livro de Campos, quando participou de duas mesas tendo o futebol como tema, Eraldo segue nesta segunda-feira para a Granja Comary, onde vai cobrir a Seleção Brasileira pelo Sistema Globo de Rádio. O campista chega à sua nona cobertura jornalística em Copa do Mundo.

CLIQUE AQUI (CHIRBT) e ouça a narração do gol

 

Domingo é bola na rede (VI – Rádio Onda Cero)

Atlético de Madri derruba o poderoso Barça

A falta de internet (minha conexão esteve fora dos padrões no final de semana) impossibilitou a publicação de áudio da série “Domingo é bola na rede”. Então, nessa manhã de segunda-feira, deixo aqui os gols da grande decisão do Campeonato Espanhol, conquistado pelo Atlético de Madri com o empate em 1×1 contra o supertime do Barcelona. A transmissão é da Rádio Onda Cero FM (Madri). Fico devendo a identificação do narrador, impossibilitada pelo meu envolvimento na transmissão do jogo entre Goytacaz x Portuguesa, pela Rádio Absoluta.

CLIQUE AQUI (CHIRBT) e ouça os dois gols

 

Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados